Dicas de viagem Planejamento

10 dicas rápidas de como juntar dinheiro para viajar mais

dicas para viajar mais
Thais Guisard
Escrito por Thais Guisard

Resolvi escrever esse post com dicas de como viajar mais porque muita gente me pergunta como é que eu faço para viajar tanto, e quanto custa uma viagem.

Em primeiro lugar, nem toda viagem custa uma fortuna. Existem destinos e roteiros para todos
os bolsos. Em segundo, acredito que a realização da tão sonhada viagem gira em torno, principalmente, de duas coisas:

1. Planejamento
2. Prioridades

Planejamento

Planejamento porque para conseguir encaixar a viagem no seu orçamento você vai precisar saber quanto ela custa. E, essa não é uma conta muito difícil de ser feita, deixa eu te ajudar.

  1. Escolha o destino
  2. Escolha a data que você quer viajar e quanto tempo pretende ficar no local
  3. Pesquise o que fazer durante sua viagem; quais são os pontos a serem conhecidos, como parques, museus, praias; e quais outras atividades você vai querer fazer.

Pesquise

Depois de definir essas 3 coisas, é hora de dar um Google e pesquisar! Entre nos principais sites de vendas de passagens aéreas (eu costumo usar Viajanet, Skyscanner e Decolar) para pesquisar o preço da passagem. Faça o mesmo com hotel através de sites como Booking.com e Trivago. Para decidir o que fazer no local use as dicas dos ótimos blogs de viagem.

Some tudo

PASSAGEM
+
HOTEL
+
PASSEIOS
_________________
TOTAL DA SUA VIAGEM

Mude as suas prioridades

Com o orçamento da viagem da viagem pré-estabelecido vamos para o segundo ponto: Prioridades. Cortar alguns gastos desnecessários e fazer algumas mudanças no dia a dia vão te ajudar a economizar dinheiro para sua viagem.

Como eu “Prefiro Viajar” essa é sempre minha prioridade e por isso vou contar algumas coisas que eu adotei no meu dia a dia e que me permitiram direcionar o meu dinheiro para as minhas tão amadas viagens:

1. Água

Sempre que eu saio levo comigo uma garrafinha plástica com água gelada que enchi no filtro de casa. Isso me economiza mais de R$ 4,00 cada vez que eu saio de casa.

2. Lanchinho no carro ou na bolsa

Já perdi as contas de quantas vezes eu sai de casa para resolver alguma coisa que eu achei que seria “rapidinho” e acabei demorando horas para voltar, seja porque a tarefa demandou mais esforço do que eu imaginava ou porque eu fiquei presa no trânsito.

Ai eu acabava parando em alguma padaria, restaurante ou lanchonete para matar a fome. Aprendi então a sempre ter comigo uma fruta, uma barrinha de cereal ou um pacote de biscoitos, dessa forma quando isso acontece eu tenho o que comer para acalmar a fome até chegar em casa

3. Lista de supermercado

Falando em fome, eu nunca vou ao supermercado com ela. E antes de ir eu sempre dou uma olhada para ver o que tem em casa e o que eu realmente preciso, faço uma lista e tento me ater a ela.

Outro hábito que eu mudei e me ajudou muito a economizar para as minhas viagens é que eu não faço mais “compra do mês”. Conheço muita gente que ao receber ao salário vai ao supermercado e compra uma montanha de coisas.

Eu também fazia isso, mas sempre tinha uma fruta, um legume ou queijo que acabava estragando. Agora eu vou ao supermercado pelo menos 1 vez por semana e compro só o que eu vou consumir nos próximos dias e acreditem, isso diminuiu bastante o meu gasto com supermercado

4. Companhias aéreas nas redes sociais

Em uma viagem, principalmente se ela for internacional, o maior gasto costuma ser com as passagens aéreas, por isso economizar nesse item é importante. Eu sigo as grandes companhias áreas no Facebook e no Instagram, assim eu sempre fico sabendo das promoções.

5. Programa de milhagem

Quase todos os cartões de crédito acumulam pontos que podem ser trocados por milhas. No entanto, normalmente você precisa ter um mínimo de pontos para poder transferi-los para o seu programa de milhagens. Sendo assim, é uma boa ideia concentrar as suas compras em um único cartão de crédito.

6. Compras Desnecessárias

Vocês nunca vão me ver me comprando nada que eu realmente não precise, foi-se a época que eu comprava uma roupa ou um sapato ou qualquer outra coisa, só porque eu achei bonito ou só porque estava barato.

Compro aquilo que eu realmente preciso porque eu prefiro gastar o meu dinheiro com as experiências incríveis que as viagens me proporcionam.

Além disso, o Brasil tem impostos absurdos o que faz com que o preço das coisas aqui seja mais caro do que na maioria dos outros países. Então, quem viaja mais compra fora e paga menos.

7. Datas comemorativas comerciais

Sei que para algumas pessoas o que eu vou dizer agora vai parecer muito radical. Mas aqui em casa eu e meu marido não trocamos presentes nas datas comemorativas como dia dos namorados, aniversário ou natal.

Não porque a gente não ache essas datas importantes, mas porque a gente sabe que uma viagem vai nos trazer mais boas lembranças do que uma roupa, um perfume ou um relógio do qual o outro nem ao menos está precisando.

8. Planeje Com antecedência

Quem me conhece sabe que eu sou super ansiosa. Antes mesmo de embarcar para a próxima viagem já estou pensando na seguinte.

Com essa minha ansiedade e necessidade de planejar tudo com antecedência descobri que se você comprar sua passagem com 10 meses de antecedência tem muito mais chances de conseguir bons preços.

Usando essa regra dos 10 meses já consegui ótimos preços, como passagem para Cancun no réveillon por R$ 350,00 e passagens para Bangkok por U$ 900,00. Além disso, tendo o seu destino e suas datas de viagem marcados com antecedência você tem tempo suficiente para se planejar para os outros gastos como passeios e alimentação, e no caso de viagens internacionais, pode ir fazendo o câmbio aos poucos, o que eu sempre recomendo.

9. Acompanhe os seus avanços

Quanto mais a gente avança em direção a uma conquista mais motivados ficamos para continuar batalhando cada vez mais pelo seu objetivo. Por isso eu acompanho toda semana quanto eu já juntei e quanto falta juntar para a próxima viagem.

Isso me mantém focada naquilo que eu realmente quero conquistar: O próximo destino.

10. Flexibilidade

E por último, mas não menos importante, SEJA FLEXÍVEL, se aquele hotel 5 estrelas que você tanto sonhou está longe de caber no seu orçamento, considere uma hospedagem mais simples. Esteja aberto para outros destinos.

Essas pequenas dicas podem parecer um pouco radicais no começo, mas com elas já estive em dezenas de lugares incríveis como Paris, Nova York, Las Vegas, Machu Picchu, Cancun e muitos outros.

Curtiu as dicas? Então compartilhe com os amigos e deixe aqui embaixo o seu comentário. Vai viajar? Faça as suas reservas aqui pelo blog. Os links dos nossos parceiros estão aqui embaixo!

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Você sabia que quando você faz uma reserva com um link aqui no blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não é taxado a mais por isso e ainda ajuda o Prefiro Viajar a produzir mais artigos de qualidade! Então, bora reservar?

Hospedagem: BookingAirBnB e Hoteis.com
 Passagens aéreas: Submarino Viagens
 Seguro viagem: Real Seguro
 Aluguel de carro: Rent Cars

 Chip internacional: EasySim4U

Sobre o autor

Thais Guisard

Thais Guisard

Thais Guisard, nutricionista, apaixonada por viagens, sempre que possível parte em busca de novas paisagens e novos sabores.

1 comentário

Deixe um comentário