Pelo mundo

Dicas para visitar a Última Ceia de Leonardo da Vinci em Milão

Por conta de uma antecipação involuntária do meu voo tive que explorar Milão além do circuito “Duomo / Galeria Vitorio Emanuelle”/ “Quadrilátero da Moda” e foi pesquisando sobre a cidade que descobri uma obra especial: A Última Ceia (alguns preferem chama-la “Santa Ceia”) de Leonardo da Vinci.

Os milaneses cultivam muito bem o período que o Leonardo da Vinci viveu lá, por conta disso, muito gente pensa que ele é milanês, quando na verdade ele nasceu em Florença tanto que em Milão há o Museu Nacional de Ciência e Tecnologia Leonardo da Vinci, considerado o maior museu científico e tecnológico da Itália (outro dia eu falo sobre este local) e tem uma estátua do Leonardo bem em frente ao Teatro Scala, ou seja, o cara é valorizado por aquelas bandas.

A Última Ceia

A Última Ceia não é um quadro (por muito tempo eu pensei que era) e sim um afresco, que é uma pintura na parede localizada no refeitório do convento de Santa Maria delle Grazie encomendada pelo Duque Ludovico Sforza (há discussão se é afresco ou não, deixo isso para os entendedores de arte).

Eu não entendo grandes coisas de obras de arte, porém, é bem interessante estar diante de uma obra pintada há mais de 500 anos (foi finalizada em 1498 e passou por um período de restauração) com fama mundial e considerando que o convento foi bombardeado durante a 2º guerra pode-se dizer que você fica cara a cara com uma “sobrevivente”, já que a parede ficou intacta. Será proteção divina? Sabe Deus!

Quem viu o filme ou leu “O Código da Vinci” vai tentar observar os detalhes descritos na obra de ficção, é bem legal fazer isso. No mesmo refeitório existe o afresco “Crucificação” pintado por Donato Montorfano, vale a pena ser apreciado, fica na parede oposta a Última Ceia, ele deu o azar de competir o mesmo espaço com o Leonardo, mas siga a minha dica, atente também para essa arte.

Dicas para comprar o ingresso

O ingresso deve ser comprado no site VivaTicket, você escolhe a aba “cenacolo viciano” e segue com a compra, o meu custou 11,50 euros.

O fato é que conseguir o ingresso não é uma tarefa simples, precisa comprar com uns 2 meses de antecedência, pois são poucos visitantes por horário e o site vai liberando a venda devagar, então é preciso ficar olhando diariamente para a obtenção.

Quando eu soube que precisava comprar o ingresso com antecedência comecei a olhar o site diariamente, já estava perto da viagem e nada de ingresso disponível, quando finalmente apareceu um dia que servia para mim tentei comprar com toda a agilidade possível, no entanto, percebi que antes precisava fazer o meu cadastro no site “Vivaticket”.

Devo confessar que esse cadastro me deixou bastante angustiada, afinal, quanto mais tempo eu demorasse poderia vir outra pessoa e adquirir na minha frente. Por isso, meu amigo, caso você tenha interesse em visitar o local, faça desde já seu cadastro e fique de olho todos os dias, pois só entra 30 pessoas por vez e o tempo de permanência para apreciar a pintura é de 15 minutos. Lembre que Milão recebe turistas do mundo inteiro.

Como chegar no convento de Santa Maria delle Grazie

A Última Ceia fica na Piazza Santa Maria delle Grazie, 2 (Corso Magenta). Para chegar até lá, você deve pegar um metrô linha vermelha (estação Conciliazione) ou linha verde (estação Cadorna).

Sugiro que você baixe o mapa de Milão no Google Maps pois possibilita o uso off-line ficando mais fácil para encontrar os endereços.

Descontos para sua viagem

  • Hospedagem:
  •  Booking
  •  Hoteis.com
  • Voluntariados:
  •  Worldpackers
  • Chip internacional com desconto:
  •  América Chip 10% off
  • Passagens aéreas baratas:
  •  Passagens Promo
  • Aluguel de carro:
  •  Rent Cars
  • Passeios e Ingressos:
  •  Get Your Guide
Foto de Jamylle Hanna Mansur
Jamylle Hanna Mansur

Jamylle Hanna Mansur

Bacharel em Direito e Psicologia, depois dos 30 anos com um inglês que não passava do “the book is on the table” resolveu ir sozinha para a Europa e parar na Inglaterra para um intercâmbio, a partir daí descobriu que se comunicar vai muito além da fala verbal e perdeu o medo de encarar o mundo.

Ver mais artigos desse autor

Deixe seu comentário

1 comentário!
  • Adoramos a dica. Fizemos esse passeio há um tempo atrás com um dia frio e de muita chuva, mas valeu a pena. E realmente não foi fácil conseguir os ingressos. Ainda mais que fomos na época de final de ano.
    Feliz ano novo!
    Bjs Rafael e Carol – @Nutrips

0
    0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazio