Quando decidimos conhecer a Tailândia eu só pensava na linda Maya Bay! Assisti ao filme “A praia” com o DiCaprio algumas vezes e ficava imaginando como seria a nossa experiência. Eu fiquei totalmente em modo borboletas no estômago quando li um artigo sobre dormir em Maya Bay, nadar com os plânctons e ficar naquele paraíso como imaginamos, deserto! Então foi aí que eu enlouqueci.

Sleep Aboard: a empresa que realiza o passeio

Pesquisas incansáveis na internet, até que descobri que apenas uma empresa fazia esse passeio, a Sleep Aboard foi o achado da minha vida! Que dizer, das nossas vidas, pois a nossa viagem tinha seis integrantes.

Um pequeno desafio era convencer a todos que o passeio seria o ponto alto da viagem e valeria a pena pagar o valor! Ao convencer a galera, conseguir reservar o passeio sem alterar o nosso roteiro e finalmente pagar, noooooossa eu não parava de pensar que seria a melhor parte da viagem, e foi… Sem brincadeira, foi incrivelmente perfeito, faria novamente e pagaria até o dobro!

Qual o valor do passeio?

A única empresa que realiza esse passeio é a Maya Bay Tours e custa THB 3’500 o que equivale a R$ 330,00 por pessoa. Gente espero que gostem e por favor, se for a Tailândia façam esse passeio, vocês não vão se arrepender! É simplesmente a coisa mais maravilhosa que fizemos na vida.

E, não esqueça de reservar o seu passeio com bastante antecedência.

O passeio até Maya Bay

O passeio sai da Ilha Ko Phi Phi no final da tarde, sendo necessário chegar com antecedência até o escritório da empresa apenas para se apresentar. Digo apenas, porque eles não pediram nenhum documento, apenas os nomes.

No escritório você precisará deixar parte da bagagem para não pesar no barco, achamos bastante seguro, não sumiu nada. Então leve roupas leves e o essencial para passar uma tarde, uma noite e uma manhã no paraíso.

Desembarcando em Maya Bay

Com no máximo 30 pessoas à bordo, o nosso barco saiu em direção ao paraíso. Não demorou muito e já conseguimos ver de longe a linda e maravilhosa Maya Bay.

passeio maya bay tailandia

Nosso barco era grande e não conseguimos chegar muito próximo da praia, então as pessoas são levadas até a praia por pequenos barquinhos. Além de auxiliar no nosso transporte, os barquinhos levam a nossa refeição, pratos, talheres e muitas outras coisas para o nosso jantar.

Mas, como tudo não é perfeito um dos barquinhos quebrou e foi quando foi necessário regressar com o barco grande até a parte de trás da Ilha, onde tem um acesso à praia através de uma rede que você precisa escalar cerca de seis metros de altura! Nossa uma aventura e eu super gostei!

desembarque maya bay

A parte ruim foi que como fomos o último grupo a chegar na praia, já não tinha sol e só deu tempo de tirar poucas fotos, assim mesmo bem na correria, afinal éramos 6 né , então não deu tempo de para fazer aquele “book”.

sleep abroad maya bay

Jantar e Bucket

Depois que escureceu ficamos em uma base na parte de trás da praia, onde tem lugar coberto para deixar os pertences, uma mesa tipo dessas de escola, com dois bancos grandes de madeira de cada lado da mesa, outra mesa aonde fica o jantar e muito espaço no chão.

noite maya bay tailandia

Rapidamente o jantar foi servido e você pode comer à vontade, pois está incluso no valor pago. Apenas as bebidas que é necessário pagar por fora! Maass malaaaaandramente ficamos apenas no bucket que também estava incluso. Bucket é uma bebida típica da Tailândia, que nada mais é que vodka com energético ou refrigerante.

Conhecendo outros viajantes

Depois de comer, eles iniciam umas brincadeiras para a integração do grupo, que é bem divertido! Existe energia na ilha, duas luzes, porém para nossa sorte faltou energia e então ficamos a base de vela e lanterna, que na minha opinião deu um ar totalmente selvagem.

Fugidinha até a praia

O Bruno cochichou no meu ouvido e eu topei, saímos de fininho e quando vimos estávamos no meio de um breu total, não dava para encher um palmo na nossa frente… Mas tudo foi melhorando quando chegamos na praia, pois parte da praia recebia uma iluminação, que para mim, lerdamente, era um mistério, e lá fomos nós andando para descobrir o que era aquela iluminação no meio da praia, e foi quando chegamos na metade da extensão da areia e olhamos em direção ao horizonte e vimos GENTEMMMM, vimos AQUELA LUA no céu, nunquinha nessa vida vou esquecer esse momento!

Detalhe: Não era permitindo que o grupo fosse até a praia, porém somos brasileiros e não seguimos regras (hahaha).

Ficamos por ali observando… até que Bruno fala com uma voz mansa: “Ana fica calma, mas tem um bicho vindo na nossa direção”. Gente foi aí que eu descobri a Babu que existe aqui dentro de mim e escalei, é isso mesmo, escalei em questão de segundos uma pedra enorme.

O que era o tal bicho não conseguimos ver, mas meu desespero assustou o bichano, que correu para a mata! E, cadê a perna para caminhar de volta? Não tinha, fiquei me tremente todinha. Maaas o espírito aventureiro fala mais alto e não poderíamos deixar os nossos amigos sair daquela praia sem ver aquela lua e aquele céu, então voltamos e conseguimos levá-los sem chamar a atenção do resto do grupo e foi lindo, ficamos os seis deitados na areia, vislumbrando a lua mais perfeita de nossas vidas, dividíamos a atenção com o céu totalmente estrelado, sendo a única fonte de luz daquela praia.

Seguro viagem asia 728x90

Dormindo em Maya Bay

Depois de um tempo fomos descobertos pelos guias do passeio e tivemos que regressar. Nos juntamos ao grupo novamente para iniciar a trilha até a parte de trás da ilha, pois o paredão que escalamos para subir, seria o local que todos teriam que descer…

Viiiixiiii foi um dilema, para gente tranquilo, pois já tínhamos escalado durante o dia, mas agora tinha a outra metade da galera que havia ido de barquinho para praia. Foi tenso viu, a única fonte de luz eram as lanternas e um refletor que tinha no barco, mas estava longe, quem olhava para baixo não via muita coisa. Funcionava assim, descia agarrando na rede por volta de seis metros e tinha um carinha para te auxiliar a entrar no caiaque.

No final da rede tinham pedras, que estavam totalmente amostra porque a maré estava baixa e a noite só algumas pontinhas estavam de fora, mas bem, deu certo e todos sobreviveram! Eu mais uma vez achei o máximo, uma mega aventura! Chegando no barco corremos para pegar o nosso lugar para dormir, lógico que queríamos a parte de cima, pois além de fresco, poderíamos dormir vendo o céu estrelado da querida Maya Bay.

Nandando com os plânctons

Maaaas antes de dormir tínhamos que nadar com os plânctons, assim como no filme! Gente é simplesmente perfeito e inexplicável, o negócio brilha, mas brilha muitooo! Lindo de morrer… Depois do lance com os plânctons, tomamos um banho de balde e fomos dormir.

Café da manhã em Maya Bay

No amanhecer tomamos café no barco e fizemos o mesmo caminho, escalando mais uma vez, para alguns, a temida rede. Passamos cerca de 1 hora no paraíso, até que em um piscar de olhos diversas embarcações foram chegando e o piscinão foi formando!

Voltamos ao barco e ficamos com algum tempo livre para mergulhar com snorkel e pé de pato, tudo fornecido pela a equipe do barco. A água é transparente e tem muito muitos peixinhos.

Vídeo oficial da Sleep Aboard experience

 Você curte as minhas dicas? Então já segue o @prefiroviajar no Instagram pra acompanhar as minhas viagens em tempo real! 

VAI VIAJAR? ENTÃO RESERVE AQUI!

Você sabia que quando você faz uma reserva com um link aqui no blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não é taxado a mais por isso e ainda ajuda o Prefiro Viajar a produzir mais artigos de qualidade! Então, bora reservar?

Passeios e ingressos: Get Your Guide
Hospedagem: BookingAirBnB (R$170OFF) e Hoteis.com
 Seguro viagem: Real Seguros, SafetyWing e Seguros Promo (5%OFF)
 Passagens aéreas baratas: Passagens Promo
 Aluguel de carro: Rent Cars
 Chip internacional com desconto: América Chip (10%OFF)

Sobre o autor

Ana Carolina

Ana Carolina

Meu nome e Ana Carolina, tenho 28 anos, namoro a 7 anos e juntos estamos tentando conhecer o mundo! Sou formada em Administração, mas #prefiroviajar! A um mês resolvi fazer um insta das nossas viagens e começar a escrever sobre!

1 comentário

  • Muito bacana o seu blog Ana, fiquei com muita vontade de dormir em Maya Bay, chego em Phi Phi dia 27-02-2018 e já estou ansiosa com os passeios! Qual o horário que vc saiu e voltou para Phi Phi?