Ásia Chiang Rai Pelo mundo Tailândia

Chiang Rai: conheça o Templo Branco, as Mulheres Girafa e muito mais

white temple chiang rai
Amanda Antunes
Escrito por Amanda Antunes


Curtiu o vídeo? Assine agora o canal do Prefiro Viajar no Youtube!

Olá viajantes! Hoje eu vim dar dicas bem legais sobre meu tour de 1 dia por Chiang Rai com a Experiência Tailândia, um dos bate-volta mais disputados pelos turistas em Chiang Mai. Para quem não sabe o famoso White Temple e a Tribo da Mulheres Girafas, geralmente são visitados durante esse passeio. Então já viu, né?

Nesse artigo você encontrará:


Sobre Chiang Rai

Fundada em 1262, Chiang Rai fica localizada há 180 km ao norte Chiang Mai. Sem muita agitação ou vida noturna, você perceberá que Chiang Rai funciona basicamente durante o dia. Para chegar até ela, você terá que encarar uma viagem de 6 horas (ida e volta), mas vale muito a pena!


Reservando o passeio

Quando eu estava indo para a Tailândia uma seguidora minha me indicou a galera do Experiência Tailândia. Ela me contou que já tinha ido para Chiang Mai e que eu deveria conhecer os passeios oferecidos pela agência especializada em brasileiros.

Quando eu cheguei em Chiang Mai, quase todos os passeios para Chiang Rai já estavam esgotados e o Thea da Experiência Tailândia me ofereceu a opção de fazer um tour privativo com o time dele. Achei interessante poder contar para vocês como é fazer esse tipo de passeio e resolvi fechar a parceria!

passeio chiang rai

Van da Experiência Tailândia

Achei muito bacana que a van era super novinha e bem equipada. Tinha água, tomada, ar condicionado e o banco era super confortável.

tour chiang rai

Para reservar o passeio com o Thea da Experiência Tailândia, é só você mandar um e-mail para info.exptailandia@gmail.com ou mandar um WhatsApp para +66 830142144 (Whatsapp). Eles resolvem tudo pela internet, é mara!


O roteiro do passeio

Como eu estava alugando um carro e um motorista só para mim, eu tive bastante flexibilidade para montar o meu roteiro. O passeio começou 8 horas da manhã e eu só voltei para o hotel já era quase 9 horas da noite. Foram muitos lugares visitados e só o trajeto de ida e volta até Chiang Rai, levou cerca de 6 horas.

Dá só uma olhadinha nos lugares que eu visitei:

  • Hotsprings – Gratuito
  • Templo Wat Sangkew Photiyan – Gratuito
  • Almoço 69 Restaurant – 90 THB
  • White Temple – 50THB
  • Longneck Tribe – 300 THB
  • Signha Tea Plantation – Gratuito

Pontos turísticos visitados

Existem muitas opções de passeios para Chiang Rai saindo de Chiang Mai. O roteiro varia de acordo com o tour que você irá contratar. Muitas agências, por exemplo, oferecem a ida ao Golden Triangle que é a fronteira entre Laos, Myamar e Chiang Mai.

Eu, particularmente, não vejo muito sentido nesse passeio, pois você paga para conhecer um lugar que não tem muitos atrativos, apenas uma travessia de barco que te leva para fazer compras do outro lado do rio. Sem falar que ele é bem distante de Chiang Mai, então sugiro que opte por paradas mais legais!

Mas deixa eu contar  para vocês um pouquinho dos lugares que eu visitei e do que vi no passeio de 1 dia para Chiang Rai.

Hotsprings

foot spa hotsprings

Spa de águas termais

A Hotsprings foi a nossa primeira parada. Como a atração  fica mais próxima a Chiang Mai, ela acaba sendo um lugar de passagem. Em 20 minutinhos você já viu tudo, colocou o pé na água que chega a 40 graus e já até se divertiu vendo a senhorinha cozinhando ovos na água termal.

Wat Sangkew Photiyan

Wat Sangkew Photiyan
O Wat Sangkew Photiyan é um templo diferente de tudo que eu vi por Chiang Mai. Ele é um templo, relativamente, novo que foi construído há uns 8 ou 10 anos atrás e mistura artes da religião hindu e budista. O resultado da mistura é uma explosão de cores e a construção de um local bem diferente!

OBS: Não vi muitos ocidentais nesse templo e essa dica foi do Thea da Experiência Tailândia.

White Temple

A post shared by Amanda Antunes ✈ (@prefiroviajar) on

Essa é a principal atração turística de Chiang Rai. O White Templo foi construído pelo pintor/arquiteto tailandês Ajarn Chalermchai. Ele ficou famoso por ter desenhos contemporâneos em seu interior, fazendo críticas a figuras icônicas do ocidente como super-homem e Bush, retratando até a queda das torres gêmeas.

Entrada: 50 THB (se não quiser pagar, pode tirar fotos do lado de fora)

Long Neck Tribes

A parada para conhecer a Longneck Tribe foi muito mais cultural do que turística. As mulheres girafas (como são conhecidas) são refugiadas do Mianmar e não podem sair do assentamento. Elas vivem basicamente do turismo em uma condição muito humilde. Eu achei essa visita muito triste e foi um choque de realidade ver a situação em que elas se encontram.

karen long neck village chiang rai

A utilização das argolas de bronze nos pescoços é uma tradição que surgiu há muitos séculos atrás. A partir dos 5 anos, as meninas colocam a sua primeira argola. Vinte e cinco argolas é o número máximo de argolas que uma mulher pode suportar.

Signha Tea Plantation

Por fim, sugiro fomos curtir o pôr do sol em uma plantação de chá chamada Signha. Na região existem muitas delas e devo confessar que foi uma ótima escolha para fechar o dia. As plantações são enormes e é um visual bem diferente do que estamos acostumados. Muito verde, aquele céu colorido e o sol indo embora depois de mais um dia iluminado!


Vantagens do tour privativo

Se você estiver com um grupo, sua família e até mesmo em lua de mel, acho que fechar o passeio privativo vale super a pena. Lembrando que alugando o “carro” e o “motorista” a entrada dos passeios ficam por sua conta. Mas se você estiver em grupo, esse valor compensa bastante.

Além disso, o passeio durou quase 12 horas e devo confessar que poder dormir na van foi excelente para eu não ficar tão cansada no dia seguinte.


Dicas importantes

  • Reserve seu passeio com a Experiência Tailândia pelo menos um dia antes. Em dias cheios, esse passeio pode esgotar muito rápido;
  • Se você quiser economizar, existem também opções de passeios em grupos que são  mais baratos. A própria Experiência Tailândia possui guias que falam até português;
  • Como esse é um passeio cansativo e de longa duração, sugiro que você leve um carregador externo. Apesar da van ter tomadas, é sempre bom prevenir e garantir as fotos do dia;
  • Existem outras opções de paradas ao longo do bate e volta até Chiang Mai, como a ida ao Golden Triangle ou a parada na Blackhouse. Pesquise bastante e monte o roteiro que tem a ver com o seu estilo de viagem.

Curtiu as nossas dicas? Deixe aqui o seu comentário (a sua opinião é muito importante para nós rs)! Conhece alguém que vai para Tailândia? Então compartilhe as nossas dicas!!!

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Você sabia que quando você faz uma reserva com um link aqui no blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não é taxado a mais por isso e ainda ajuda o Prefiro Viajar a produzir mais artigos de qualidade! Então, bora reservar?

Hospedagem: BookingAirBnB e Hoteis.com
Passagens aéreas: Submarino Viagens
 Seguro viagem: Real Seguro e IAC Travel
Aluguel de carro: Rent Cars

Chip internacional: EasySim4U

Sobre o autor

Amanda Antunes

Amanda Antunes

Olá! Eu sou Amanda. Sou publicitária, criativa e apaixonada por fotos e viagens. Ao todo foram 3 intercâmbios e 24 países visitados. São muitas histórias para contar, porque eu Prefiro Viajar!

Deixe um comentário