Ásia Filipinas Pelo mundo Roteiro de viagem

Filipinas: roteiro COMPLETO de 20 dias, o que fazer, quanto custa, onde ficar e mais!

filipinas roteiro
Amanda Antunes
Escrito por Amanda Antunes

Se você me acompanha no Instagram (@prefiroviajar), provavelmente, sabe que eu estive viajando por 80 dias pelo sudeste asiático e passei por países incríveis como Indonésia, Tailândia, Vietnã, Laos e muito mais. Um dos lugares que eu estava mais ansiosa para visitar foi as Filipinas. Eu aprendi um monte de coisa por lá e nesse guia completo eu vou compartilhar AmanDICAS valiosas para a sua viagem. Se eu fosse você, já salvava esse link nos favoritos, compartilhava com os amigos e começava a arrumar as malas!

No meu GUIA COMPLETO DAS FILIPINAS você vai ler:

1. Sobre as Filipinas
1.1 Transporte
1.2 Idioma
1.3 O povo filipino
2. Visto para brasileiros
3.
Seguro Viagem
4.
Como chegar?
5.
Moeda e câmbio
6.
É seguro viajar para as Filipinas?
7.
Gastronomia
8.
Onde ir?
9,
Quando ir?
10.
O que levar na mala?
11.
Meu roteiro de 20 dias
12. Onde se hospedar?
13. Agências e passeios que eu recomendo
14.
Quanto custou a viagem?
15.
Dicas e curiosidades


Sobre a Filipinas

Fala sério, se você chegou até aqui, provavelmente já viu alguma daquelas fotos maravilhosas de Filipinas, né? Esse era um país que estava na minha listinha dos desejos há tanto tempo que ficar 20 dias viajando nas Filipinas foi quase a realização de um sonho.

Com mais de 7.000 ilhas e mais de 100 milhões de habitantes, as Filipinas pertenceram a Espanha por mais de 300 anos, inclusive, e o nome original do país era Las Islas Filipinas em homenagem ao Filipe II da Espanha. Até hoje, muitos lugares, ruas e palavras do vocabulário Filipino são em espanhol, mesmo eles não sabendo mais falar o idioma e a religião principal do país é o catolicismo.

Informações rápidas

  • Capital das Filipinas: Manila
  • Fuso horário: +10 horas do horário de Brasília
  • Código das Filipinas: +63

Transporte

Como as Filipinas são formadas por várias ilhas, a parte mais difícil é se locomover. Foi uma viagem que demandou bastante tempo de deslocamento e eu tive que pegar bastante voos, sem falar dos ferries e vans.

Dentro das ilhas, você irá ver muitas motos e triciclos, que são os meios de transporte mais populares no país. Em Manila e Cebu, você também pode utilizar aplicativos como Grab que funciona igual a Uber, mas na maioria das vezes a opção mais barata eram os triciclos.

Idioma

Nas Filipinas, existem muitos dialetos que variam de acordo com a região, no país são mais de 100 dialetos falados hoje. Entretanto, o Tagalog e o Inglês são os idiomas mais falados e isso ajuda e muito na comunicação, facilitando bastante a viagem.

O povo Filipino

Durante os 20 dias que estive nas Filipinas, eu fui tão bem tratada e me senti tão em casa que fica difícil explicar através de palavras. As pessoas são muito simpáticas, hospitaleiras e dispostas a ajudar. As crianças são crianças, sabe? Brincam na rua, se divertem com seus próprios brinquedos improvisados e abrem um sorrido tão cativante que qualquer pessoa mal humorada sorri de volta.

Uma coisa que reparei é que os Filipinos adoram música, dança e basquete. Vivem cantarolando pelos cantos e, é super normal encontrar jovens reunidos na praça dançando ou jogando basquete com os amigos.


Visto para brasileiros

No geral, o visto para o sudeste asiático é muito tranquilo para nós brasileiros. Nas Filipinas, nós podemos ficar até 60 dias sem pagar nada a mais por isso e tiramos o visto direto quando desembarcamos no aeroporto. É super fácil e prático, você só precisa de um passaporte válido por 6 meses antes da sua chegar e sua carteirinha de vacinação contra febre amarela. Você preenche dois formulários e pronto!

Dica: o que eu sempre faço para me precaver de possíveis problemas, é separar a reserva da hospedagem e a passagem de volta do país em algum lugar do meu celular. Assim, caso seu seja questionada, mostro que estou apenas de passagem mesmo.


Seguro viagem

Se você pensa em viajar para as Filipinas, recomendo demais a contratação de um seguro viagem. Como eu falei anteriormente, você ira usar bastante motos para se locomover e irá se alimentar de coisas totalmente diferentes da sua rotina. Eu fiz o seguro AT 40 inter da Assist Trip no site da Seguros Promo com um super desconto e para 1 mês de viagem, não paguei nem R$ 200.

Dica: Eu sempre aviso por aqui quando sai promoção e você sempre tem os meus 10% de desconto pagando em boleto com o cupom “PREFIROVIAJAR5“.  Clique aqui e faça a sua cotação!


Como chegar?

Para chegar nas Filipinas, existem dois aeroportos principais: o de Manila e o de Cebu. Vale lembrar que eu procurei e planejei todos os meus voos usando sites como Skyscanner, Momondo, Travelloka, Kiwi e 12go.

cabu pacifics

Como eu voei de Kuala Lumpur, meu voo foi direto para Cebu com via AirAsia e custou 85 dólares incluindo a franquia de bagagem. Já dentro das Filipinas, as duas maiores cias aéreas são: Cebu Pacifics e Philippines Airlines. Usei bastante elas durante a minha viagem e só tive problemas com atrasos, mas isso é normal das Filipinas.

Se você vier do Brasil, pode voar diretamente para Manila ou juntar a sua viagem com outro destino da ásia como Bangkok ou Kuala Lumpur.

Dica: a Cebu Pacifics aceita pagamento em Paypal o que foi ótimo pra mim e eu evitei usar o cartão e pagar IOF no Brasil.


Moeda e câmbio

A moeda oficial das Filipinas se chama Peso Filipino (PHP) e existem notas de 20, 50, 100, 200, 500 e 1.000. Eu achei super fácil trocar dinheiro no país, por todos os lados você encontra casa de câmbio (uma rede famosa é a Palawan Express), ATMs para sacar dinheiro, mas aconselho mesmo é que você traga dinheiro em espécie para as Filipinas, de preferência dólar ou euro.

No geral, não é comum o uso de cartão de crédito no país. Nem no aeroporto de Cebu City eles aceitavam, por isso, não conte com isso na hora de pagar a sua hospedagem, por exemplo.

Dica: Em janeiro de 2019,  a melhor cotação que eu encontrei foi em El Nido, onde troquei 1 dólar por 51,35 pesos filipinos. O valor oferecido nos aeroportos são péssimos, cerca de 50php ou menos.


É seguro viajar para as Filipinas?

Eu, Amandinha, achei o país bem seguro, não vi nada além de furtos de celular dos turistas que dão mole e esquecem ip\Phones em bicicletas ou motos. Reparei também que a fiscalização e penalização quando o tema é o consumo de drogas é super dura, só o porte de maconha já garante 12 anos de prisão.

Além disso, vale lembrar que no sul do país existe a Região Autônoma do Mindanauque é muçulmana e quase independente do restante do país. Alguns atentados já ocorreram por lá e as maiores vítimas foram os próprios muçulmanos. Por isso, evite essa região.


Gastronomia

Comer nas Filipinas não foi um grande problema para mim. Aqui eles tem pratos bem gostosos e abusam dos smothies, sucos naturais, peixes, carne de porco, veggis e água de coco. A seguir, listei alguns quitutes muito populares no país que eu vi por todos os lados.

Sisig de Frango

Adobo

Adobo é um prato que estará em todos os menus de restaurantes Filipinos. É um prato de carne feito com frango ou carne de porco refogados com óleo, molho de soja, vinagre e alho. Alguns restaurantes, também oferecem o prato com a versão das carnes fritas.

Frango frito e macarrão

Por todo país, você verá restaurantes vendendo macarrão com salsicha e frango frito (costuma ser peito, sobrecoxa ou coxa). Tem um fast food bem popular chamado Jolibee que vende muito isso e até o Mac Donald’s se rendeu e oferece esse clássico no seu menu. Eu provei e aprovei! 

Sisig

Um prato que eu curti muito experimentar foi o Pork Sisig (eu gostei muito da versão de frango também). Primeiro, devo falar pra vocês que os filipinos são apaixonados por carne de porco e esse prato é muito popular. Se você comer ele com uma cerveja San miguel então… fica uma delícia. Mas vamos lá, o Sisig nada mais é do que a bochecha do porco picadinha em uma tábua de carnes, com um ovo frito em cima e limão para acompanhar. O prato pode ser acompanhado com arroz e é vendido por uma média de 180 php.

Lumpia

Você curte um rolinho primavera, eu tenho uma boa notícia. Nas Filipinas, eles tem uma versão do prato que se chama Lumpia é, muitas vezes, ele é recheado de legumes ou carne, servido com um molhinho doce. É uma ótima entradinha!


Lugares para conhecer nas Filipinas

O que não falta são lugares incríveis para conhecer nas Filipinas. Como eu falei anteriormente, são mais de 7.000 ilhas! Assim como a Tailândia, nas Filipinas existem os lugares mais badalados e com mais infraestrutura para o turista, esses são os que atraem um volume grande de visitantes todos os anos e, a seguir, vou compartilhar alguns deles com vocês.M

Manilla

Se você quer se divertir e conhecer pessoas locais Manila é um bom lugar para começar a sua viagem, além de ser a capital do país, é também o hub perfeito para voar pra qualquer lugar dentro das Filipinas!

Cebu

Se você pretende conhecer lugares como Kawasan Falls, Badian e Bohol, certamente você passará por Cebu City. Na minha opinião, lá é um lugar bem de passagem. Acabei dormindo duas noites por lá para pegar voos bem cedinho, então não conheci muita coisa.

Moalboal (Kawasan Falls)

Moalboal é uma cidade bem pequena e muito estratégica para quem conhecer as famosas Kawasaki Falls (aquela bem azulzinha, sabe?), foi lá eu fiz um passeio muito divertido chamado Canyoneering. Em Moalboal, você pode nadar com um cardume gigante de sardinhas e ver muitas tartarugas no turtle point. Eu curti muito a vibe de lá!

Bohol

Bohol é uma ilha que oferece uma ampla variedade de atrações, desde praias com areia branquinha a ótimos locais para mergulho e trekking como o Chocolate Hills. Por lá, você também pode ver o Philippine Tarsier uma espécie de animal super fofa que você só encontra na ilha!

Coron e El Nido

Grave esses nomes: Cadlao Island, Big Lagoon, Barracuda Lake e Waling-Waling Island. Sabe aquelas praias paradisíacas que vemos nas fotos? Então, várias delas ficam em Coron e El Nido. São dois lugares imperdíveis, localizados ao norte de Palawan. O trajeto entre os dois é feito de ferry, mas juro que vale muito a pena.

Dica: Coron é um lugar incrível para quem mergulha, tem vários navios afundados inclusive.

Sirgao

Já pensou em visitar uma ilha bem preservada cheia de coqueiros e com as melhores ondas de Filipinas? Essa é a Ilha de Sirgao. Ela ficou famosa a partir de 2009 entre os australianos e hoje é a ilha queridinha dos gringos. Eu fui até lá conferir e fiquei encantada!

Barocay

Você curte festa e badalação, mas também quer curtir aquele marzão azul cristalino? Então essa é a ilha perfeita para você. Ela atrai o público festeiro e viajante do mundo inteiro e, em 2018, chegou a ficar fechada por alguns meses para preservação.

Mais lugares para conhecer

Além desses lugares mais populares, você pode colocar na sua lista ilhas mais exóticas e com o acesso um pouco mais difícil. Existem vários passeios Liveaboard que te levam nesses lugares mais difíceis, apesar de ser um pouco mais caro é uma ótima opção para conhecer lugares que fogem do tradicional. E dei uma pesquisada e encontrei alguns lugares para deixar como sugestão.

Ilhas paradisíacas

1. Isla de Higantes and Sicogon Island, Iloilo
2. Masbate
3. Britania Group of Islands, Surigao
4. Dahican Beach, Mati, Davao Oriental
5. Asik-asik Falls, North Cotabato
6. Batad, Ifugao
7. Cuatro Islas, Southern Leyte
8. Siquijor
9. Mais ilhas: Camiguin, Dinagat, Caramoan, Vigan e Batanes.

Pontos de mergulho

1. Anilao, Batangas
2. Malapascua Island, Cebu
3. Balicasag Island, Bohol
4. Apo Island, Negros Oriental
5. Coron, Palawan
6. Moalboal, Cebu

Lugares de trekking

1. Mt. Pulag
2. Mt. Timbak
3. Mt. Mayon
4. Mt. Guiting-guiting
5. Mt. Talinis
6. Mt. Kanlaon
7. Mt. Apo
8. Mt. Dulang-Dulang


Quando ir?

Localizada perto do equador, Filipinas é um país tropical com diferenças significativas entre as ilhas do norte e sul.

As ilhas do norte possuem 3 estações distintas: uma estação mais fria e chuvosa de novembro a fevereiro; um verão quente e seco de março a junho (alta temporada, mas a época ideal para visitar) e uma temporada de tufões e ciclones entre os meses de julho a outubro.

Já as ilhas do sul,  possuem um clima mais uniforme com uma temperatura quente e úmida o ano inteiro.

Uma dica: se você for mergulhar, outubro é uma época muito recomendada devido a visibilidade do mar.

Festivas e datas comemorativas

Nas Filipinas, existem alguns festivais muito famosos e se você busca uma experiência diferente, pode aproveitar a sua viagem para conferir algum deles:

Cebu City’s Sinulog Festival: Acontece a cada terceiro domingo de janeiro, acho que é o o maior festival do país. Essa é uma festa religiosa dedicada ao menino Jesus que eles chamam de “Sto. Niño”. É uma festa cheia de dança, canto e cores..

Aklan’s Ati-atihan: também começa em janeiro pelo mesmo motivo: Sto. Niño. Nela alguns fiéis dançarinos são todos pintados de preto e usam trajes bem coloridos.

Iloilo’s Dinagyang Festival: acontece em todo quarto domingo de janeiro. Ele é muito parecido com Sinulog e Ati-atihan e algumas pessoas vêem este festival apenas como um motivo para se divertir.

Quezon’s Pahiyas Festival: acontece em maio em Lucban, Quezon. Algumas casas improvisadas são decoradas com frutas e vegetais frescos.


O que levar na mala?

Paras as Filipinas, eu indico que você traga o mínimo de coisas possível, afinal, você vai passar a maioria do seu tempo de shorts e biquini. Entretanto, alguns itens são fundamentais e fiz uma listinha pra ajudar vocês na hora de fazer a mala:

  • Bolsa impermeável – eles vendem aqui a partir de 150 php;
  • Máscara e pé de pato – aconselho trazer de casa porque você usará em quase todos os passeios;
  • Papete ou crocs – em quase todos os passeios você terá que caminhar pelas pedras e o ideal é usar aqueles sapatinhos especiais para proteger o pé. Eu vi vendendo por 250 php, mas quem tiver no Brasil é bom levar;
  • Biquinis, maiôs e sungas – abuse dos looks de praia, o que não vai faltar na sua viagem serão praias e lugares maravilhosos. A temperatura da água é bem agradável e você não vai querer sair da água;
  • Toalha que seca rápido – isso é uma mão na roda pra todo viajante, principalmente, em algumas ilhas que são super úmidas;
  • Squeeze ou garrafinha de água – esse é um item muito bom para ter sempre na bolsa. Além de economizar bastante, você irá evitar o acúmulo de lixo no país, sem falar dos longos voos e esperas no aeroporto!

Meu roteiro de 20 dias

A seguir, eu vou compartilhar com vocês o meu roteiro resumido com alguns preço de passeios que eu acho que pode ajudar no seu planejamento, lembrando que esses gastos foram pessoais e algumas vezes fiz passeios privativos e mais caros

Meu roteiro resumido

Moalboal – 3 noites
El Nido – 4 noites
Coron – 3 noites
Sirgao – 7 noites

Meu roteiro detalhado

Dia 1 – Chegada Cebu City
Dia 2 – MOALBOAL: Ônibus Cebu City até Moalboal (140php)
Dia 3 – MOALBOAL: Passeio até Kawasan Falls (1.750 php)
Dia 4 – MOALBOAL: Dia Livre em Moalboal para snorkeling
Dia 5 – MOALBOAL: Ônibus de Moalboal até Cebu City (140php)
Dia 6 – EL NIDO: Voo Cebu até Puerto Princesa + Van até El Nido
Dia 7 – EL NIDO: Passeio de barco coletivo – TOUR A (1.200php)
Dia 8 – EL NIDO: Passeio privativo – roteiro personalizado pra duas pessoas (4.250php)
Dia 9 – EL NIDO: Passeio de moto até a praia X e sunset no Las Cabanas (450php)
Dia 10 – CORON: Ferry até Coron e tarde livre (1.760php)
Dia 11 – CORON: Passeio de barco privativo pra 6 pessoas (1.958php)
Dia 12 – CORON: Passeio de barco privativo pra 6 pessoas (1869php)
Dia 13 – SIRGAO: Ferry até El Nido + van até Puerto Princesa (2.260php)*
Dia 14 – SIRGAO: Voo até Sirgao + noite livre
Dia 15 – SIRGAO: Passeio de moto até o norte da ilha (358php)
Dia 16 – SIRGAO: Mangupunko Beach/ Rock Pools (250php)
Dia 17 – SIRGAO: 3 island hooping (1.200php)
Dia 18 – SIRGAO: Cloud 9 e Palmtree Swing (340php)
Dia 19 – SIRGAO: Dia livre para surfar ou curtir a praia
Dia 20 – SIRGAO: Manhã livre + retorno para Bangkok

*O trajeto de Coron até Sirgao poderia ter sido feito por via aérea por Manila, mas como não planejei tanto o voo estava super caro.


Onde se hospedar?

Em toda a minha viagem pelo sudeste asiático, eu usei bastante dois sites para fazer as minhas reservas: Booking e Airbnb. A seguir vou listar todos os lugares que eu fiquei e curti com o link e precinho e vou fazer também sugestões de mais lugares legais que vi por lá:

Moalboal: Lovely Panagsama Homestay (Airbnb) – 20 dólares/noite

El Nido: Amankan (Booking) – 27 dólares/noite

Coron: Starfish Hostel (Airbnb) – 23 dólares/noite

Sirgao: Não recomendo muito onde eu fiquei, mas vi alguns lugares bem legais em Sirgao que são o Bravo Resort, Kermit, Nay Palad e Siargao Bleu Resort & Spa.

DICA: Ganhe R$ 130 de desconto na sua primeira reserva no Airbnb. Clique aqui e use o meu cupom de desconto!!!


Passeios e agências que eu recomendo

Uma das coisas que me impressionou nas Filipinas foi a quantidade de passeios e atividades oferecidas aos visitantes. Nesse ponto, achei o país super organizado e, pra facilitar a sua vida, eu vou compartilhar alguns passeios e agências que eu super recomendo!

Canyoneering nas Kawasaki Falls
Curte aventura? Então aproveite esse passeio diferente e conheça as famosas Kawasam Falls fazendo uma trilha na água e dando saltos de até 12 metros de altura! O passeio dura a manhã toda e inclui almoço no final.

Preço: 30 dólares/pessoa Agência: Kawasan Kenyoneering

Passeio de barco privativo em El Nido
Pensa em um dia perfeito? Diferente de Coron, o passeio privativo em El Nido é um luxo só. Eles oferecem o almoço (achei um pequeno banquete) e água. Você escolhe o seu roteiro e o barco sai com um mínimo de 2 pessoas, um máximo de 4.

Preço: 168 dólares/barco
Agência: El Nido Booking

Passeio em grupo em El Nido
Está com o orçamento apertado? Então eu super recomendo que você faça o Tour A e o Tour C. Neles você vai conhecer os melhores lugares de El Nido, mas esses será um passeio em grupo hein!

Preço: 30 dólares/pessoa
Agência: El Nido Booking

Passeio de barco privativo em Coron
Coron é um lugar mágico! Tem tantas atrações e lugares para visitar que eu optei em fazer todos os passeios privativos. Lembrando que existe uma tabela padrão cobrando pelo número de pessoas e a distância dos trajetos que todos os barqueiros seguem. Além disso, você precisa pagar uma taxa em cada local que você visita e o almoço/bebidas no barco não está incluindo (se você levar a comida, eles cozinham para você e eles oferecem cooler para as bebidas).

Preço: a partir de 36 dólares/pessoa
Agência: Associação Local de Pescadores

Passeio de barco 3 Island Hooping Sirgao
Pensa em um passeio inesquecível! Eu fiquei muito impressionada com as 3 ilhas que visitei em Sirgao: Guyam Island, Naked Island e Daku Island. O passeio dura a manhã toda e eu fiquei impressionada com a quantidade de comida e bebida incluída. Foi um excelente investimento!

Preço: 24 dólares/pessoa
Agência: Bravo Sirgao


Quanto custou a viagem?

Eu adoro essa parte do artigo, porque acho que dá uma boa noção de gastos para uma viagem de 20 dias. Lembrando que a minha viagem não foi a mais barata e também não foi a mais cara. Eu gosto de dizer que essa é uma orientação financeira e não uma regra. Só você saberá como será o seu orçamento e seus gastos.

Gasto por cidade

Moalboal – 3 noites – 84 dólares
El Nido – 4 noites – 203 dólares
Coron – 3 noites – 160 dólares
Sirgao – 7 noites – 142 dólares

Gasto total

Hospedagem dividido por dois: 9.814php
Alimentação:
6.500php
Transporte:
28.000php
Passeios: 
12.000php
__________________________
TOTAL = 56.314php ou 1.126,28 dólares (56 dólares por dia)


Mais dicas e curiosidades

internet filipinas
  • O melhor chip de internet das Filipinas é da marca Globe, seguido pelo chip da Smart. Os únicos lugares que vendem o Travel SimCard que é MUITO mais barato do que o chip normal são os aeroportos, por isso, garante o seu chip assim que você desembarcar. Vale muito a pena! Os preços variam de 300 php por 12GB válidos por 5 dias e 1.000 php por 33GB válidos por 1 mês;
  • Ainda sobre internet, aproveite e muito a internet dos aeroportos. A velocidade é excelente e a melhor que você terá no país;
  • A tomada nas Filipinas é igual a antiga do Brasil, o que é ótimo, porque funciona tanto a tomada americana, quando a brasileira de dois pinos;
  • Uma coisa que percebi nas Filipinas foi que existe todo um movimento de preservação e conscientização da população muito grande sobre plástico e lixo. Foi lindo de ver os locais usando canudos de bambu, em Sirgão já não é feito o uso de sacolas práticas e tem coleta seletiva em vários lugares. Achei isso um passo muito importante para preservar as tamanhas belezas do país!

 Você curte as minhas dicas? Então já segue o @prefiroviajar no Instagram pra acompanhar as minhas viagens em tempo real! 

VAI VIAJAR? ENTÃO RESERVE AQUI!

Você sabia que quando você faz uma reserva com um link aqui no blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não é taxado a mais por isso e ainda ajuda o Prefiro Viajar a produzir mais artigos de qualidade! Então, bora reservar?

Passeios e ingressos: TourOn e Get Your Guide
Hospedagem: BookingAirBnB e Hoteis.com
 Seguro viagem: Real Seguro e Seguros Promo
 Passagens aéreas baratas: Passagens Promo
 Aluguel de carro: Rent Cars
 Dinheiro pro exterior: Transferwise

Sobre o autor

Amanda Antunes

Amanda Antunes

Olá! Eu sou Amanda. Sou publicitária, criativa e apaixonada por fotos e viagens. Ao todo foram 3 intercâmbios e 24 países visitados. São muitas histórias para contar, porque eu Prefiro Viajar!

20 Comentários

  • Oi Amanda!
    Vou para a indonesia em setembro e os ultimos dias meu roteiro seria ir pra Komodo, mas depois de ver seus posts sobre as Filipinas fiquei com vontade de mudar um pouco. Talvez eu tenha 8 dias pra ficar lá mais ou menos, acha que compensa ir e conhecer Coron, El Nido e Sirgao? Confesso que estou lendo isso agora, então não sei quantos vôos preciso pegar haha Voce me ajudaria a entender, por favor? Pra eu saber se vale a pena. Muito obrigada! Sua viagem foi demais

  • Amei as dicas! Estou nas Filipinas agora e os passeios são perfeitos!!! Vale adicionar Nacpan Beach, em El Nido, que é considerada uma das praias mais bonitas do mundo, com água cristalina. Sobre o ferry pra Coron, eu e meus amigos tivemos um grande problema, pois deixamos pra comprar as passagens aqui… Adivinha? Tava esgotado. Quase conseguimos a ida, mas a volta já estava lotada, então não pudemos ir. Recomendo comprar a ida e a volta do ferry pela internet, com antecedência, pra não acontecer o mesmo. Obrigada pelo post, está incrível 🙂 Dar os valores gastos ajuda muito mesmo. Abraço, Alessandra

  • Oi Mandis!
    Eu queria muito que ice dissesse as ilhas que você conheceu em el Nido e Coron quero fazer exatamente as mesmas rs
    Eu tenho 20 dias na Ásia, seu que os deslocamentos são demorados e os voos sempre atrasam. Queria fazer Tailândia, Filipinas e Indonésia, não sei se é possível. Mas quantos dias você acha que eu precisaria para conhecer, Coron, El Nido e Moalboal?
    Beijos!

    • Olá Lais! A parte do custo está bem explicadinho, assim como os lugares que passei. Você precisa fazer a conversão dos valores em dólar para real. Na hospedagem, por exemplo, já coloquei o valor para duas pessoas, então facilita um pouco as contas! ☺️

  • Oi!! Estou pensando em ir em dezembro, mas estou super em dúvida em relação ao clima. Quais os locais que você acha que dá para visitar nessa época sem pegar chuvas? Você esteve lá em que época?? Obrigada!

  • Amandinha!!!
    Que post maravilhoso! As melhores dicas e tudo muito bem explicado!!! Estava aguardando anciosamente este momento, depois de acompanhar todos os dias dessa sua viagem incrível. Muitíssimo obrigada por compartilhar cada detalhe conosco! #gratidao (mesmo vc não gostando mto dessa palavra hahaha)

    Beijos e continue voandooo! =D

  • Oi Amandinhaaaa!

    Viagem maravilhosa! Acompanhei tudo pelo Instagram!

    Estarei indo para as Filipinas e Bali agora em Abril e quero muitas Amandicas aqui no blog. Uma curiosidade, durante os seus mergulhos nas Filipinas, voce viu muita água-viva? Eu estava lendo em outros blogs que as lagoas e até mesmo o mar tem esses bichinhos bem pequeninos, mas que causam grande estrago. Qual foi sua experiencia?

    Bjooo

  • Olá Amandinha,
    Após acompanhar sua viagem no instagram, fiquei apaixonada pela Filipinas.
    Estou pensando e conhecer, porém não terei muito tempo.
    Imagino que seja um pergunta difícil, mas entre Coron e El Nido, qual você mais recomendaria?
    Bjs

  • Oi Amanda,
    Vou viajar para Filipinas. Tenho 19 dias (no 20 vou embora) e tou pensando no seguinte roteiro:
    Manila (voar para Cebu) 1
    Cebu – 3
    1
    Bohol – 2
    1
    Palawan – El Nido- 2
    1
    Coron – 3
    1
    Siargao – 3
    Manila 1
    Voo para casa no dia seguinte

    OU

    Manila (voar para Cebu) 1
    Cebu – 4
    1
    Bohol – 3
    1
    Palawan – El Nido- 4
    1
    Coron – 4
    Manila 1
    1 (Vôo para casa)

    Qual você recomenda e o que mudaria (se é que mudaria algo)?
    Muito Obrigada 🙂

  • Bom dia.

    O post está extremamente útil e deixou-me com ainda mais vontade de ir para as Filipinas.

    No entanto, e como em Portugal a Indonésia tem uma fama muito maior, ainda estou indeciso sobre se arrisco nas Filipinas ou se, jogando pelo seguro, vá para a Indonésia (correndo o risco de estar em locais super cheios de turistas).

    Entre os 2 países, o que você recomendaria para umas férias de 17 dias?

Deixe um comentário