Ásia Hanoi Pelo mundo Roteiro de viagem Vietnã

Hanói, Vietnã: o que fazer, onde ficar, quanto custa e tudo o que você precisa saber antes de ir!

hanoit vietna o que fazer
Amanda Antunes
Escrito por Amanda Antunes

Se você me acompanha no Instagram (@prefiroviajar), provavelmente, sabe que eu estive viajando por 80 dias pelo sudeste asiático e passei por países incríveis como Indonésia, Tailândia, Vietnã, Laos e muito mais. No Vietnã, eu visitei apenas a região norte e fiquei 7 dias turistando pelos arredores de Hanoi.

No meu GUIA COMPLETO DE HANOI você vai ler:

1. Sobre o Vietña e Hanoi
2. Visto para brasileiros
3. Dinheiro e câmbio
4. Como se locomover?
5. Internet
6. O que fazer?

7. Meu roteiro de 8 dias
8. Onde se hospedar?
9. Compras em Hanoi

10. O que comer?
11. Quanto tempo ficar?
12. Quanto custa?

13. Dicas e curiosidade


1. Sobre o Vietnã e Hanoi

Localizada no Norte do Vietnã, um país marcado pela guerra, Hanoi é a capital do país e conta com cerca de 8 milhões de habitantes. Hanoi significa a cidade dentro do Rio, pois “Ha” significa Rio e “Noi” cidade dentro.

Assim como Brasília, essa é uma capital que não é muito visitada pelos turistas, perdendo para a cidade maior, mais antiga e mais famosa do Vietnã: Ho Chi Minh.

Em Hanoi, você vai encontrar uma vibe agitada de cidade grade: ruas tumultuadas em um verdadeiro caos urbano. Ainda assim, é possível se encantar pelo charme único da cidade e das belezas que ela guarda.

A capital tem recebido uma quantidade maior de turistas por ser porta de entrada para a fascinante ilha de Ha Long Bay, considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco.


2. Visto para brasileiros

Apesar de um pouco mais caro que os demais países asiáticos (que não costumam cobrar visto para brasileiros), o visto para o Vietnã é bem simples. Primeiro, você deve acessar um site para solicitar a sua carta convite. Eu usei o site Vietnam Visa e paguei 17 dólares pelo serviço. O processo foi todo feito online e eu recebi a minha carta convite 2 dias depois de solicitar.

Dica: existem sites que cobram mais barato pelo serviço, mas só descobri isso no Vietnã.

Ao chegar no aeroporto de Hanoi, eu fui direto para a fila do visto e apresentei a minha carta convite, junto ao formulário que devemos levar impressos e preenchidos. Além disso, nas instruções do visto, dizia que você precisa levar com você duas fotos 4x6cm, mas na hora a moça da imigração me pediu apenas uma foto e servia de qualquer tamanho.

Em seguida, você espera em uma outra fila onde eles te chamam pelo seu nome e com a sua foto na tela. Ali você pega o seu passaporte já com o visto e paga a taxa de 25 dólares que devem ser levados já trocados. Eles aceitam apenas dólar ou a moeda local.

Dica: caso você não tenha dólares, você pode sacar dinheiro no ATM que eles têm ao lado da imigração.


3. Dinheiro e câmbio

A moeda oficial do Vietnã é o Dong e, assim como o Laos, a moeda é contada em notas bem altas de 1.000, 2.000, 5.000, 10.000, 20.000, 50.000, 100.000, 200.000 e 500.000.

A cotação que eu peguei em dezembro de 2018 foi 1 dólar = 23.200 dongs e a melhor cotação que eu encontrei foi a do aeroporto, isso mesmo! Diferente de vários lugares do mundo, é no aeroporto de Hanoi que eu aconselho você a trocar os seus dólares.

Onde trocar dinheiro em Hanoi?

Diferente das grandes cidades da Ásia, em Hanoi você troca dinheiro nas agências de câmbio, você compra os seus passeios e ainda troca uns dólares. Use aplicativos como o XE câmbio e peça a cotação do dia, é o melhor jeito de negociar. Ah! As duas moedas mais aceitas são o Euro e Dólar.


4. Como se locomover?

Andar em Hanoi é uma experiência a parte! Apesar de ser um pouco caótico, o trânsito de Hanoi parece ser muito fácil para os residentes. Nas ruas, é um mistura de carros, motos, bicicletas e pedestres.

As calçadas são pequenas e, pelo que percebi, quase todas as vias dentro da Old City são de mão dupla (risos).

Grab – carro ou moto

Na Ásia como um todo, a Uber foi comprada pela empresa Grab e em Hanoi essa foi a opção de locomoção mais barata que encontrei.

Dica: se você quiser economizar na hora de ir para o aeroporto, pegue o ônibus na Railway Station. Custa 35.000 dongs por pessoa e leva cerca de 1 hora.

Aluguel de moto

Como muita gente sabe, a moto é o principal meio de transporte independente do Vietnam. Eu não sugiro que você se aventure no trânsito louco de Hanoi, mas acho o aluguel de moto bem válido para conhecer os arredores de Hanoi como Ninh Binh, por exemplo.

Você consegue encontrar aluguel de moto por valores entre 5 e 8 dólares, mas também precisa pagar a gasolina que custa aproximadamente 1 dólar o litro. Geralmente, eles não pedem carteira de habilitação para confirmar, mas novamente: o trânsito é caótico e não é recomendado caso você não tenha experiência!

Bicicleta

Alugar uma bicicleta pode ser uma ótima opção para explorar Old Town, em Hanoi. Os preços são mais baratos que os das motos, ficando na faixa de 3 a 4 dólares por dia, mas é possível encontrar por um pouco menos.

Night Bus

Para se locomover dentro do Vietnã de forma independente, muitos turistas optam por comprar o passe do famoso Night Bus. Você consegue cruzar o país com esse tipo de ônibus e o mais famoso deles é o Vietnam Open Bus que custa 65 dólares sem wi-fi e 85 dólares com wi-fi. Todas as agências do Vietnam vendem esse passe então você pode pesquisar melhor e comprar quando estiver por lá!

Avião

Apesar do aeroporto de Hanoi – o Noi Bai Internatinal Airport – não ser o principal do Vietnã, ele é o maior aeroporto do norte do país e também é destino de muitos vôos internacionais. Os mais comuns pontos de partida para esse aeroporto são Kuala Lumpur (Malásia), Bangkok (Tailândia) e Siem Reap (Camboja).

As companhias aéreas que operam aqui são: AirAsia, Vietnam Airlines, VietJet, Pacific Airlines, Cathay Pacific, Hong Kong Airlines, Thai Airways, Lao Airlines, Tiger Airways, entre outras.

A opção mais barata geralmente é da VietJet, uma companhia low cost. É possível encontrar vôos, por exemplo, saindo de Bangkok para Hanoi por apenas 13 dólares! De modo geral, você pode esperar encontrar passagens ida e volta entre 100 e 400 reais, em baixa temporada.


5. Internet

Uma das coisas que mais me impressionou aqui foi o preço da internet. Praticamente, em todas as agências você encontra SIM cards, mas procure a opção que custa 5 dólares por 60 GB válidos durante 1 mês. Esse chip é diferente do aeroporto que acaba sendo mais caro do que na cidade!


6. O que fazer em Hanoi e arredores?

Dentro de Hanoi, o Old Quarter é o lugar mais badalado. Esse bairro é central e você vai ver muitos produtos falsificados à venda durante suas caminhadas por lá. Mas é também onde você vai encontrar os melhores lugares para explorar a culinária local e opções de hospedagem com preços muito baratos. Como é um lugar com muita opção, você terá bastante coisa para fazer à pé, sem gastar com transporte.

A vida noturna nessa área também é bem divertida, com muitos bares, e com o Mercado Noturno, que acontece nos finais de semana e é um passeio que vale a pena se você estiver lá durante os dias de funcionamento.

Um dos pontos mais agradáveis visualmente, um pouco fora do caos da cidade, é o Lago Hoan Kien, também cheio de opções de restaurantes, cafés e bares com uma vista incrível do lago. Aproveite para conhecer a Thap Rua, no centro do lago, um dos símbolos da cidade.

Nessa mesma área, você consegue conhecer um dos templos mais famosos e o mais visitado da cidade: Ngoc Son. Basta atravessar a ponte vermelha Ponte Huc, que também é ponto turístico e rende boas fotos, para chegar à entrada do templo.

Não deixe de visitar também a belíssima Catedral de St. Joseph e o Templo da Literatura!

Nos arredores, as melhores opções tendo Hanoi como base são: Sa Pa, Hoi An, Da Noi, Ninh Binh e Ha Long Bay. Eu tive a oportunidade de conhecer as duas últimas e você pode assistir dando play nos vlogs abaixo:

Ninh Binh + Mua Caves + Hoa LU + Tam Coc

http://www.youtube.com/watch?v=s3iME7nVm1g&t=135s

Assista agora toda a temporada de vlogs pelo sudestes asiático! Ao todo, foram 7 países e 25 vídeos recheados de AmanDICAS pra vocês!

Cruzeiro em Ha Long Bay

http://www.youtube.com/watch?v=lJPkoh4wLLA

Os meus passeios favoritos

  • Mua Caves + Hoa LU + Tam Coc: 35 dólares
  • Hoa LU + Tam Coc: 27 dólares
  • Cruzeiro de 2 noites Halong Bay + Cat Ba Island: 100 dólares

7. Meu roteiro de 7 dias

Como o tempo acabou ficando meio chuvoso, eu tive que tirar do meu roteiro três lugares que gostaria MUITO de conhecer: Sa Pa (ideal para fazer trekkings), Hoi An e Da Nang (onde tem a famosa ponte da mão). Dá só uma conferida em como ficou:

  • Dia 1: Chegada pela manhã, almoço e caminhada pelo Old Quarter
  • Dia 2: Free walking tour + fim de tarde na Train Street
  • Dia 3: Passeio até Ninh Binh (Mua Caves + Hoa LU + Tam Coc).
  • Dia 4, 5 e 6: Passeio de cruzeiro por Ha Long Bay + pernoite em Cat Ba Island + Retorno Hanoi
  • Dia 7: livre em Hanoi + Night Market + Train Street

8. Onde se hospedar?

Se tem uma coisa barata no Vietnã é a hospedagem. A seguir, eu vou listar a média de preços que encontrei das diárias e já aviso que é de cair o queixo:

Então, opções em Hanoi não faltam e todas elas eu vi no Old Quarter que é a região central e mais famosa de Hanoi. Eu fiquei hospedada no Hostel The Chien bem em frente à famosa igreja St. Joseph’s Cathedral.


9. Compras em Hanoi

Se tem uma coisa que dá para fazer em Hanoi são compras, principalmente, de itens cópia como eles chamam. As ruas de Hanoi são cheias de lojas chamadas “Made in Vietnam” com cópias de grandes marcas como Supreme, The North Face, Fjallraven Kankene, Nike e muito mais. Na minha opinião, achei as da The North Face as mais perfeitas.

Atenção: cuidado com lojas de rua que vendem tênis falsificados como originais!


10. O que comer?

Assim como em todo país do sudeste asiático, a culinária pode ser um problema pra muitas pessoas. Apesar de ser uma gastronomia mais famosa em vários países do mundo, a comida vietnamita me surpreendeu um pouco. Apesar de ser bem menos apimentada, confesso que achei o paladar vietnamita um tanto quanto diferente pra mim (risos)!

A seguir, estou listando algumas comidas que encontrei durante a viagem e achei legal provar e compartilhar com vocês:

  • Banh trang kep;
  • Cha Ca;
  • Pho;
  • Egg coffee;
  • Coconut coffee

Dois restaurantes legais e bem famosos por lá são o Bun bo nam bo e o Chá Ca Thang Long.

Se você não curtiu muito a culinária vietnamita, calma que em toda esquina tem uma rede de conveniência muito parecida com o 7 Eleven! Por lá, você encontra comidas bem ocidentais, como cachorro quente, hamburgues, sanduíches, refrigerante, sorvete, biscoitos e por aí vai. Tem também grande cadeias de fast food como Burguer King, Mc Donalds e KFC!


11. Quanto tempo ficar?

Meu roteiro em Hanoi teve duração de 8 dias, mas é possível fazer em um pouco menos de tempo. Geralmente, as pessoas optam por ficar 6 dias em Hanoi, sendo 2 dias inteiros passeando pela cidade, 1 dia visitando Ninh Binh e 3 dias no passeio de cruzeiro até Ha Long Bay.

Eu peguei alguns dias de chuva que acabaram prejudicando algumas atividades programadas, apesar de ter visitado durante a temporada seca. O período de chuva em Hanoi costuma acontecer de abril a outubro, mas mesmo fora desse período não é muito comum ver o céu azul com sol brilhando!


12. Quanto custa?

Durante a viagem, eu registrei os meus gastos individuais e, a seguir, eu vou listar meu orçamento nesses 7 dias que estive em Hanoi e arredores.

Alimentação: R$ 242
Tranporte: R$ 38
Passeios: R$ 621
Hospedagem: R$ 156
Compras: R$ 230
Chip internet: R$ 19
Visto: R$ 163
__________________________
TOTAL = R$ 1469 por pessoa / R$ 210 por dia


13. Mais curiosidades

  • A tomada é normalmente tipo C, aqueles dois pinos redondos como tínhamos no Brasil, mas também encontra-se tomadas de pinos retos, como dos Estados Unidos. Na dúvida, leve um adaptador universal e esteja garantido!
  • A voltagem é 220v;
  • No Vietnã, existem 4 animais muito importantes que são o: unicórnio que representa a misericórdia, a tartaruga que representa a perseverança, o dragão que representa a força e o poder e a fênix que representa a liberdade e a beleza;
  • Antigamente, as pessoas acreditavam que tingir os dentes de preto faziam os dentes durarem mais tempo porque os deixava mais saudáveis. Essa cultura foi reprimida pelos franceses que dominaram o Vietnã no final dos anos 70;
  • São quase 8 milhões de motos registradas no país, praticamente uma pra cada habitante.

 Você curte as minhas dicas? Então já segue o @prefiroviajar no Instagram pra acompanhar as minhas viagens em tempo real! 

VAI VIAJAR? ENTÃO RESERVE AQUI!

Você sabia que quando você faz uma reserva com um link aqui no blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não é taxado a mais por isso e ainda ajuda o Prefiro Viajar a produzir mais artigos de qualidade! Então, bora reservar?

Passeios e ingressos: TourOn e Get Your Guide
Hospedagem: BookingAirBnB e Hoteis.com
 Seguro viagem: Real Seguro e Seguros Promo
 Passagens aéreas baratas: Passagens Promo
 Aluguel de carro: Rent Cars
 Dinheiro pro exterior: Transferwise

Sobre o autor

Amanda Antunes

Amanda Antunes

Olá! Eu sou Amanda. Sou publicitária, criativa e apaixonada por fotos e viagens. Ao todo foram 3 intercâmbios e 24 países visitados. São muitas histórias para contar, porque eu Prefiro Viajar!

5 Comentários

Deixe um comentário