América do sul Argentina Colonia del sacramento Pelo mundo Uruguai

Uruguai e Argentina em 7 dias – Parte 1

Paula Ferreira Papa

Mesmo sem companhia, resolvi seguir rumo a umas das viagens do meu sonho… América do Sul!!!

No dia 10 de março de 2014, sai de Salvador, fiz uma parada em São Paulo e, logo após, segui rumo a Buenos Aires. Ao todo foram 7 dias de viagem.

Do aeroporto de Ezeiza, peguei um van e fui direto para o Buquebus Terminal Fluvio-Maritima Puerto Madero para ir ao meu primeiro destino, Colônia Del Sacramento. Comprei a minha passagem do Catamarã quando ainda estava planejando minha viagem, pela Seacat Colonia.

Fiquei no hotel Hotel Romi, bem simples, porém aconchegante, ele é um casarão antigo que foi reformado com o tempo e ampliado para receber mais hospedes, o preço é bem razoável, mais o café deixa muito a desejar, o bom é que o Romi fica bem próximo ao terminal Marítimo. Como a cidade é bem pequena, fui a pé mesmo, não durando nem 5 minutos de caminhada.

1° DIA

Como cheguei às 19h, sai para jantar e conhecer um pouquinho da cidade. Comi uma pizza bem saborosa no restaurante La Bodeguita, logo após o jantar, fiz uma caminhada pela cidade.

2.-Pizza-na-La-Bodeguitta

Pizza La Bodeguitta

O friozinho de 12° fez com que o passeio ficasse mais agradável. Voltando para o hotel, me deparei com um cassino e os olhos brilharam que nem uma criança. Entrei para arriscar minha sorte. E não é que marinheira de primeira viagem fui muito bem… Ganhei uns 4.500,00 Pesos Uruguais, em média R$ 450,00 reais (Comprei uns 250,00 Pesos de fichas para jogar). Como vi que a sorte de iniciante começou a ir embora, fui para o hotel descansar.

2° DIA

No meu segundo dia para Colônia Del Sacramento, acordei bem cedinho para aproveitar a cidade. Caminhei pela Avenida Gral Flores que é muito arborizada, limpa (não vi nenhum lixo no chão), segura (dita como a cidade mais segura da America do Sul) e cheia de pequenas lojinhas, restaurantes e residências mais antigas.

4.-Avenida-Gral-Flores

Avenida Gral Flores

Fui ao Yacht Club e depois segui em direção ao Centro Antigo da Cidade. Muitas construções da época da colonização portuguesa permanecem no local, carros antigos espalhados pelas ruas embelezando a cidade. Alguns nem saem do lugar, sendo transformadas em jardineiras. Fechei a tarde passeando pelos Calle de los Suspiro e vendo o por do Sol a beira mar.

Yacht Club

Carros antigos inseridos na paisagem da cidade

Depois de visitar a cidade, fui jantar no Mercosur, comi um churrasco muito gostoso, acompanhado com muita salada e batata frita.

3° DIA

Terceiro dia em Colônia acordei as 5h da manhã e peguei um ônibus em direção a capital Uruguai, não estava em meu roteiro, mais como Colônia é uma cidade muito pequena (em um dia você conhece a cidade) resolvi conhecer Montevidéu.

Minha primeira parada na cidade foi o terminal rodoviário de Três Cruces, de lá fui caminhando pela Avenida 18 de Julio meio que “sem destino” e me deparei com a linda Fuente de Los Candados, sabe aquela ponte em Paris, donde os casais apaixonados prendem os cadeados? Pois bem, Montevidéu tem sua versão em uma fonte.

Fuente de Los Candados

Fuente de Los Candados

Seguindo em frente a avenida, me deparei com a Puerta de la Ciudadela, que é o marco zero do setor histórico na cidade.

Puerta de la Ciudadela

Puerta de la Ciudadela

Como nessa viagem eu fui sozinha, a maioria das fotos eram selfies ou fotos de paisagens. Pela necessidade de uma foto de corpo inteiro interagindo com a cidade, pedi a uma pessoa para tirar uma foto minha, foi nessa conversa que percebi um idioma bem particular, o “portunhol”. Mais um Brasileiro perdido na capital Uruguaia. Pode até se ruim viajar só em alguns aspectos, porém tem lá suas vantagens. Você fica aberto a novas amizades. Como o Rodrigo também estava meio perdido pela cidade, também sem roteiro, decidimos fazer companhia um ao outro e desbravar Montevidéu.

Fomos caminhando pelo centro antigo, admirando a arquitetura da cidade, depois de muito bater perna, resolvemos parar para comer no Mercado Del Puerto (para quem gosta de churrasco e vinhos, esse é o lugar), é um mercadão bem popular com muita comida e bebida de qualidade. Lá encontramos mais um brasileiro, o Helder.

Mercado Del Puerto


Sentamos os três para almoçar, trocar idéias e descansar um pouco. Depois de algumas horinhas, resolvemos os três e conhecer o resto da cidade. Seguimos para o teatro de Solís e depois passear pela beira mar da Cidade.

15.-Orla-de-Montevidéu1
16.-Praia-de-Montevidéu

Ao anoitecer nos despedimos e combinamos de nos encontrar em Buenos Aires (meu próximo destino). De volta a Colônia, Hora de arrumar as malas, descansar e partir no outro dia cedinho rumo a Buenos Aires.

Continuar lendo a parte 2 do roteiro de viagem!

 Você curte as minhas dicas? Então já segue o @prefiroviajar no Instagram pra acompanhar as minhas viagens em tempo real! 

VAI VIAJAR? ENTÃO RESERVE AQUI!

Você sabia que quando você faz uma reserva com um link aqui no blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não é taxado a mais por isso e ainda ajuda o Prefiro Viajar a produzir mais artigos de qualidade! Então, bora reservar?

Passeios e ingressos: TourOn e Get Your Guide
Hospedagem: BookingAirBnB e Hoteis.com
 Seguro viagem: Real Seguro e Seguros Promo
 Passagens aéreas baratas: Passagens Promo
 Aluguel de carro: Rent Cars
 Dinheiro pro exterior: Transferwise

Sobre o autor

Paula Ferreira Papa

Paula Ferreira Papa

Paula Ferreira Papa, 31 anos, Funcionária Pública do Estado da Bahia, técnica em Edificações, estudante de arquitetura e fotógrafa nas horas vagas. Amante de arte, arquitetura, fotógrafia, decoração e viagens.

3 Comentários

Deixe um comentário