Pelo mundo

Uruguai de carro em 7 dias: Punta del Diablo, Montevideo, Colônia del Sacramento e Punta del Este

Antes de iniciarmos nossa viagem pesquisamos bastante sobre o Uruguai e como faríamos a viagem de carro saindo de Caxias do Sul (Rio Grande do Sul) até Montevideo. Visitamos alguns sites bem bacanas de brasileiros que haviam feito esta trip de carro saindo por diversos destinos (Porto Alegre e Rio de Janeiro).

No entanto, sentimos falta de algumas informações bastante importantes para viajantes de carro, como a quantidade de pedágios, de paradas para abastecer o carro e seus respectivos valores. Fizemos anotações detalhadas destas informações para vocês que estão pensando em fazer esta inesquecível viagem.

Nossa viagem durou 6 dias e passamos por 4 cidades no Uruguai: Punta del Diablo, Montevideo, Colonia del Sacramento e Punta del Este. Vale lembrar que o carro que usamos para a viagem foi um C3 ano 2005 e seu tanque tem cerca de 47 litros. Será a partir dele que todos os gastos serão calculados.

Planejando a viagem de carro pelo Uruguai

A seguir, listamos duas informações bem importantes para quem for dirigir até o Uruguai. Esses preparativos são essenciais durante o planejamento da roadtrip para o Uruguai:

  • É preciso a Carta Verde que é um seguro obrigatório para veículos que ingressam em países do Mercosul.
  • Veículos em nome de terceiros deve ter uma autorização do dono do automóvel com reconhecimento de firma por semelhança em cartório. Esta autorização deve também ser reconhecida no Consulado do Uruguai. Na internet existem diversos modelos de autorização.

Reserve agora o seu carro na ReserveCar com 5% de desconto do Prefiro Viajar

Saindo de Caxias do Sul

Iniciamos a viagem as 7:30 da manhã. Inicialmente pensamos em parar para almoçar em Pelotas. Acabamos desistindo. Seguimos em frente, pegando a BR 471, a gasolina estava próxima de acabar, no entanto não imaginaríamos que nesta BR até encontrarmos o primeiro posto demoraria cerca de 100km. Como toda viagem boa tem que ter uma dose de aventura, podemos dizer que esse foi o maior aperto que passamos na viagem. Eu jurava que o nosso carro ia parar por falta de combustível, até que finalmente encontramos o bendito posto. Durante a viagem mal encontramos caminhões na estrada e estávamos com o waze ligado o que nos ajudou a identificar os radares.

Cuidado especial na BR 471

A Reserva do Taim fica localizada em um trecho da BR 471 por onde passam muitos animais na pista. Vimos muitas capivaras mortas por atropelamento. A velocidade máxima da via é 60 durante todo o percurso. Pela manhã é mais fácil de visualizar, mas a noite o caminho se torna bem mais perigoso a atenção deve ser redobrada.

Abastecer em Caxias do sul

Valor da gasolina 3,79
1º abastecimento R$ 148,79

Abastecer na BR471

Valor da gasolina: R$3,95
2º abastecimento: R$ 158,00

Pedágios

1º Caxias – Porto Alegre: 4,80
2º Eldorado do Sul: 12,50
3º Pelotas – Cristal: 9,70
4º Pelotas – Retiro: 9,70
5º Rio Grande- Capão Seco: 9,70

1º dia Punta del Diablo – 7/08 (Domingo)

Punta del Diablo é uma cidade pitoresca sem grandes agitos. Para quem quer namorar é um lugar perfeito. Ficamos hospedados na Cabana Bien al Este. Uma cabana bem fofa. Ela é equipada com cozinha (fogão, micro-ondas, pratos, copos e talheres).

Promoção de hotéis em Punta Del Diablo

Almoçamos no restaurante indicado pela simpática dona da cabana, Lo de Olga. Almoçamos uma Paella bem simples. Confesso que não estava lá essas coisas. Mas lá não há muitas opções em baixa temporada e principalmente por ter sido em um domingo. Depois, passeamos pela Playa de los Pescadores e o dia estava lindo e MUITO frio.

2º dia Montevideo – 8/8 (Segunda)

A viagem de Punta del Diablo até Montevideo durou por volta de 3h. Fizemos o Checkin no Hotel Califórnia e fomos almoçar um Chivito em um restaurante perto do hotel. Tanto o restaurante quanto a comida não foram lá essas coisas.

Em seguida fomos passear na Ciudad Vieja. Ficamos encantados com a limpeza das ruas e a beleza das praças.

teatro solis

Abastecer em Montevideo

Terceiro abastecimento: R$ 106,00 (UY$1060,00)

Pedágios até Montevideo

Pedágio em Garzon (Departamento de Rocha), estrada 9: R$ 10,00 (UY$750)
Pedágio em Solis (Departamento de Maldonado), estrada Interbalneária: R$ 8,10 (UY$750)
Pedágio em Gregorio Aznarez (Departamento de Canelones), estrada 9: R$10,80

Todos os pedágios aceitam pagamentos em reais, mas dependendo da cotação que você fizer vale mais a pena pagar em pesos.

Confira os melhores hotéis em Montevideo

3º dia – Montevideo – 9/8 (Quarta- Feira)

No nosso segundo dia em Montevideo, nós fizemos um passeio pelo Estádio do Centenário que custou UY$ 200,00. Para visitar somente o estádio e o museu custa UY$150,00. Por mais UY$50,00 você tem uma vista panorâmica da cidade de Montevideo.

estadio centenario observatorio

Essa visita vale muito a pena para quem gosta de futebol. Dentro tem um museu que retrata a história do futebol em geral e da seleção Uruguaia.

estadio centenario

Em seguida fomos conhecer o famoso Mercado del Porto e seus tradicionais restaurantes. Antes do almoço paramos no restaurante Roldos para provar a clássica bebida uruguaia, MedioyMedio, uma inocente mistura de vinho branco e espumante. Eu não gostei muito mas meu namorado aprovou! Ela custou UY$131,00.

Já estava louca de fome quando fomos finalmente ao El Palenque. Acho que só mesmo provando para vocês terem uma ideia. Pedimos um Lomo de Filet Mignon (UY$580,00) e uma costela de porco (UY$450). As comidas acompanham sempre são um guarnição (batata frita, salada ou arroz). Olha, é uma comida pra se comer “rezando”. Lembrando aqui desse dia já me deu agua na boca, queria poder me teletransportar neste momento só para comer novamente. Foi a melhor carne que já comi na minha vida! Pena eu não ter tido a capacidade de esperar para bater uma foto.

file de alcatra

De noite fomos conhecer o Baar Fun Fun. Foi bem legal. Vimos uma apresentação de tango e dois músicos bem simpáticos embalaram a noite com Tango instrumental. Decidimos pegar algo bem barato do cardápio. Escolhemos algo nada típico, mas como já havíamos comido bem no almoço optamos por uma porção de rolinho a primavera que vinham 4 e custava UY$175,00. Experimentamos a Uvita, um licor de vinho tradicional do restaurante.(UY$65,00). O ticket artístico dos músicos e bailarinos foi UY$250,00 p/pessoa.

4ª dia – Colonia del Sacramento – 10/08 (Quinta – Feira)

O dia ajudou bastante e conforme íamos chegando a Colônia a paisagem foi ficando cada vez mais bonita. Sacramento é uma cidade encantadora. Fofa, bucólica, pequena e linda. É uma colônia portuguesa fundada em 1680. Hoje faz parte do Centro Histórico, reconhecido pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade.

Passamos uma tarde inteira por lá. Passeamos pela Cidade Histórica: visitamos o forte, a Praça 25 de Maio, Rua dos Suspiros, Ruínas do Convento de S. Francisco Xavier e Farol e a Fortificações de Colônia.

colonia del sacramento

Nossos celulares acabaram a bateria e por isso não pudemos mais tirar fotos, o que foi uma verdadeira pena. A cidade é linda de morrer. Sugiro que vocês pesquisem mais fotos no google!

Reserve online o seu hotel em Colonia del Sacramento

Almoçamos no restaurante El DrugStore. Todas as pesquisas que fiz sugeriam a ida até lá. E realmente não nos deixou a desejar!Comemos um Chivito maravilhoso e uma cerveja e pagamos em reais R$77.00 achamos bastante justo! Você pode comer dentro dos carros antigos, um amor.

Você sabe o que é o “Cubierto”?

Neste dia descobrimos o poder do tal “Cubierto” que eles cobram em todos os restaurantes. Em todos os restaurantes eles “oferecem” pãezinhos com manteiga ou um molhinho da casa. Achávamos que se não comêssemos não nos seriam cobrados. Engano nosso. Nos recusamos a pagar, pois não havíamos pedido e nem comido. O garçom acabou retirando da conta o tal Cubierto. Mais tarde fomos pesquisar e descobrimos que o Cubierto é cobrado pela taxa da mesa e por pessoa. É como se fosse a taxa de uso dos copos, pratos e talheres. Algo surreal pensando para nós. Ainda mais por que tem a taxa de serviço de 10%. No Uruguai a taxa do Cubierto varia entre UY$40,00 a UY90,00.

Uma outra nota importante: as bebidas alcoolicas são muito caras! Chegamos a pagar UY$170,00 na cerveja Patrícia de 600ml. (R$22,00) Nos mercadinhos e mercado já é mais em conta. Pagamos UY$60,00 por uma Norteña de 1L.(R$7,50)
Esta foi a nossa última noite em Montevideo, pela manhã partiríamos para Punta del Este.

Pedágios

Montevideo: UY$ 75,00 ou R$9,30
Montevideo-Colônia: UY$ 75,00 ou R$9,30
Na volta pagamos novamente esses dois pedágios da ida. No total, gastamos R$37,20 nas duas viagens.
Precisamos abastecer novamente antes de ir para Sacramento

Abastecer em Montevideo

4º abastecimento: UY$820,00 (o tanque não estava vazio)

A noite fomos passear na orla de Pocitos e jantamos no Complejo Punta Pocitos. Um restaurante de comida OK. Comemos um pescado do dia com arroz que estava bastante gostoso (UY$420,00) e um Entrecot encubierta de dos quesos que estava nada demais (UY$495,00).

5º dia – Punta del Este – 11/08 (Quinta-Feira)

No caminho para Punta, resolvemos fazer um pequeno passeio por Pocitos, já que o dia estava lindo e a rota até punta del este era a mesma até lá. Tiramos a tradicional foto no letreiro de Montevideo. Mais uma vez o dia nos agraciou com um sol espetacular!

Fizemos o check-in no Hotel Florinda (R$115 a diária) e fomos almoçar diretamente. Optamos por um lugar que tivesse uma varandinha para pegar um solzinho gostoso. Fomos no Virazón. A princípio o lugar parece ser os olhos da cara, mas na verdade, pra quem está acostumado com o preço SURREAIS, dos restaurantes do Rio de Janeiro, o preço não nos pareceu tão caros. Encontramos finalmente um lugar que teria chopp. Em baixa temporada eles não tem muito costume de vender chopp nos estabelecimentos, pois alegam que a saída é muito baixa. O chopp custava UY$120,00 com 400ml. Caro é, mas o meu desejo de tomar chopp era tão grande que resolvemos embarcar nessa. O Restaurante dá de frente pra orla de Punta, no Porto. É um lugar muito agradável ainda mais em dias de sol. Desta vez eu consegui tirar a primeira foto de uma comida que também foi de encher os olhos!

entrecot com legumes
Depois desse saboroso almoço fomos passear pelo porto e fomos andando até a famosa escultura Los dedos.

mano de punta del este

Pegamos o carro e fomos ver o pôr do sol na Casa Pueblo. Lá há hotéis e também um museu com obras do artista Vilaró. Lindo demais! Vale muito a pena!

Pôr do Sol na Casa Pueblo

Como havíamos almoçado tarde, optamos por comprar em um mercadinho uns salgadinhos e cervejas para comer no Hotel. De noite fomos no Cassino Conrad. Para quem gosta de jogatinas é um lugar interessante. Fomos apenas para conhecer. Meu namorado gastou U$$10,00 naquelas maquinas e não ganhou nada infelizmente. Acredito que indo com amigos para jogar uma partida de Poker pode valer a pena.

casa pueblo

Abastecer em Punta Del Este

5º Abastecimento: UY$1334,00

6º dia Punta del Este  – (12/08)

Fomos passear por La Barra. Achamos o lugar bem lindo. Em baixa temporada tudo parece muito calmo e pitoresco, nem parece a famosa península do verão. Fomos novamente abençoados por um céu limpo e com sol. Passamos pela famosa ponte ondulada.

E depois fomos conhecer o encontro dos 4 mares perto do Porto e tirar uma foto com a bandeira do Uruguai é de lei, né?

punta del este

Sol lindo novamente, procuramos um restaurante com varanda para o nosso almoço. Nos bares bem badalados de Punta, SOHO e Moby Dick Pub havia muitas opções de comida, mas mais uma vez a opção de bebida era a mais cara que vimos em Uruguai. Para vocês terem ideia, uma garrafa custava a bagatela de UY$300,00 algo em torno de R$37,00. O dia estava perfeito para tomar um chopinho, pegar um solzinho… fomos novamente para o Virazón, tomamos alguns chopps comemos uma entradinha com camarão (UY$450,00) e ficamos por lá até quase o pôr do sol. Uma tarde deliciosa!

Melhores preços de hotéis em Punta Del Este

No dia seguinte voltamos para Caxias do Sul. Fizemos uma parada no Chuí, almoçamos e compramos algumas coisas. Uma recomendação para quem não consegue comer em qualquer lugar: os restaurantes de lá não têm um aspecto muito bom. Aparenta ser um pouco sujinho… Mas até que a nossa comida estava OK. E o preço bom. Pagamos em reais uma coca de 600ml e um entrecot com salada de batata, batatas fritas, arroz e saladinha verde e a conta deu R$77,00. Justo, não?

Pedágios

Garzon:UY$750,00
Pelotas-Capão Seco:R$9,70
Retiro:R$9,70
EL dorado:R$9,70
Não houve cobrança no retorno dos pedágios em Cristal e Porto Alegre sentido Caxias do sul.

Abastecimento

Fizemos mais um abastecimento no Chui: R$152,00
E outro próximo a Porto Alegre para chegar até Caxias do Sul: R$20,00

O que achamos dos hotéis no Uruguai?

Cabanas Bien al Este em Punta del Diablo

O Cabanas Bien al Este vale a pena para não quer gastar em restaurantes. A cabana é bem rústica. Tem uma lareira, uma varanda boa. Para quem gosto de algo um pouco mais luxuoso não seria a melhor opção. O chuveiro é bem fraquinho, mas quente. Um ponto bem negativo para nós dois foi o cheiro do cobertor, que parecia estar um pouco mofado. E, é claro que depois de nos hospedarmos nos outros 2 hotéis pelo valor, vimos que estava um pouco caro. Os hotéis que ficamos nos cobraram em dólares. O Cabanas Bien al Este custou U$$55,00. Clique aqui para fazer uma cotação com o nosso parceiro Booking.com!

Hotel California em Montevideo

O Hotel California tem uma excelente localização. Fica muito próxima a Ciudad Vieja, o passeio pela cidade histórica da para ser todo a pé. No entanto, achamos o quarto do hotel grosseiramente pequeno. Para terem uma ideia, eu e meu namorado somos pequenos e era impossível os dois circularem pelo quarto ao mesmo tempo. O chuveiro do banheiro quentinho e forte. Só há uma tomada. Atrás da cama. A cama achamos mole e é aquele esquema de duas de solteiros juntas e um outro colchão de casal por cima. O café da manhã é gostoso e tem bastante opções. Sentimos falta de um bom atendimento na recepção, pois eles aparentavam estar um pouco mal-humarados. O valor das três estadias foi U$$122,00. Clique aqui para fazer uma cotação com o nosso parceiro Booking.com!

Hotel Florinda em Punta del Este

O Hotel Florinda foi o hotel que mais gostamos, começando pela recepção onde o cara que nos atendeu se esforçou para falar em português, alias os uruguaios adoram falar em português. O quarto do hotel era divino. Espaçoso, com armário, espelho de corpo inteiro, muitas tomadas, aquecedor, banheiro limpinho e chuveiro quentinho e bem forte. O café da manhã também tinha bastante opções. O valor das duas estadias foi U$$70,00. Clique aqui para fazer uma cotação com o nosso parceiro Booking.com!

Total de gastos da viagem pelo Uruguai de Carro

Ficaram interessados em saber os nossos gastos médios? O gasto total dos 7 dias do casal (incluído hospedagem, alimentação, pedágios e gasolina- ida e volta) foram R$3.780,00Irei descrevê-los abaixo:

Pedágios: R$170,00
Gasolina: R$900,00
Passeios e alimentação: R$ 1319,00
Km rodados: 2.500km

Gastos por dia com passeios e alimentação:
1º dia: R$ 150,00
2º dia: R$ 191,00
3º dia: R$ 339,00
4º dia: R$ 208,00
5º dia: R$ 160,00
6º dia: R$ 193,00
7º dia: R$ 78,00

Descontos para sua viagem

  • Hospedagem:
  •  Booking
  •  Hoteis.com
  • Voluntariados:
  •  Worldpackers
  • Chip internacional com desconto:
  •  América Chip 10% off
  • Passagens aéreas baratas:
  •  Passagens Promo
  • Aluguel de carro:
  •  Rent Cars
  • Passeios e Ingressos:
  •  Get Your Guide
Foto de Paula Franco Netto
Paula Franco Netto

Paula Franco Netto

Pedagoga, apaixonada por viagens.

Ver mais artigos desse autor

Deixe seu comentário

3 pessoas comentaram!
  • Adorei as suas informações sobre o UY. Acrescentou muito ao meu planejamento e realmente tem informações diferenciadas. Grata!

0
    0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazio