Brasil

São João de Caruaru: tudo sobre a maior festa junina do Brasil

O São João de Caruaru conhecido como o Maior e Melhor São João do Mundo é um evento de grande porte e de repercussão nacional organizado desde 1984 pela Fundação de Cultura de Caruaru. A festa acontece no mês de junho na cidade de Caruaru, no estado de Pernambuco, e atrai turistas de todo o país e até do exterior.

Centenas de artistas (locais e nacionais) se apresentam a cada edição em diversos polos juninos descentralizados: o Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, o Polo Cultural da Estação Ferroviária, o Alto do Moura e o polo itinerante pela zona rural do município.

O São João de Caruaru começou como uma celebração simples e tradicional das festas juninas, mas ao longo dos anos cresceu e se tornou um dos maiores eventos do gênero no Brasil. A cidade é conhecida como a “Capital do Forró” e celebra o São João com muita música, dança, comidas típicas e apresentações culturais.

A festa acontece no mês de junho na cidade de Caruaru, no estado de Pernambuco, e atrai turistas de todo o país e até do exterior. O São João de Caruaru é mais do que uma festa, é uma expressão da identidade cultural do Nordeste brasileiro. A festa promove a cultura local, gera empregos, movimenta o comércio e atrai turistas de todo o Brasil e do exterior, contribuindo significativamente para a economia da região.

Tudo sobre o São João de Caruaru

O São João de Caruaru começou como uma celebração simples e tradicional das festas juninas, mas ao longo dos anos cresceu e se tornou um dos maiores eventos do gênero no Brasil. A cidade é conhecida como a “Capital do Forró” e celebra o São João com muita música, dança, comidas típicas e apresentações culturais.

Origens das Festas Juninas

As festas juninas brasileiras têm origem nas comemorações europeias do solstício de verão, que eram realizadas em junho e dedicadas a santos populares como São João, Santo Antônio e São Pedro. Os portugueses trouxeram essas tradições para o Brasil, onde foram adaptadas e ganharam características próprias.

Rituais Agrícolas

As festas juninas também têm uma forte ligação com rituais agrícolas. No Brasil, junho marca o período de colheita do milho, que é a base de muitas comidas típicas das festas juninas, como pamonha, canjica e bolo de milho.

Surgimento do São João de Caruaru

As primeiras celebrações de São João em Caruaru eram realizadas de forma simples, em comunidades rurais, onde as pessoas se reuniam para dançar, cantar e celebrar as boas colheitas. A festa incluía fogueiras, quadrilhas e comidas típicas, seguindo a tradição junina.

Com o crescimento econômico e populacional de Caruaru, especialmente a partir da década de 1950, as festas de São João começaram a ganhar mais visibilidade e estrutura. A cidade passou a investir mais na organização das festividades, atraindo um público cada vez maior.

Na década de 1980, o São João de Caruaru começou a ser reconhecido como uma das maiores festas juninas do Brasil. A cidade passou a receber artistas renomados e a montar grandes estruturas para os eventos, como o Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, consolidando-se como a “Capital do Forró”.

O apoio de governos municipais e estaduais, bem como de patrocinadores privados, ajudou a impulsionar ainda mais a festa. Investimentos em infraestrutura, segurança e promoção atraíram mais turistas e fortaleceram a economia local.

Evolução e Tradições Modernas

Hoje, o São João de Caruaru é conhecido pelos grandes shows de forró e música popular brasileira, que atraem milhares de pessoas. A programação inclui artistas locais e nacionais, mantendo viva a tradição do forró pé-de-serra e do forró eletrônico.

As quadrilhas juninas continuam sendo uma atração central, com competições que reúnem grupos de diversos estados. As apresentações são marcadas por coreografias elaboradas, figurinos coloridos e muita animação.

A gastronomia junina é um dos grandes destaques, com barracas e restaurantes oferecendo uma ampla variedade de pratos típicos. As comidas são preparadas com ingredientes locais, como milho, mandioca e coco, proporcionando uma experiência autêntica aos visitantes.


Pátios e polos de animação

Em 2024, o São João de Caruaru contará com um total de 27 polos de animação espalhados pela cidade e pela zona rural. Esses polos oferecem uma variedade de atrações culturais e musicais, atendendo a diferentes públicos e interesses. Além dos polos, há também os pátios, que são grandes áreas centrais onde ocorrem os principais eventos e shows. A seguir, separei os mais procurados pela galera:

Pátios

  • Pátio de Eventos Luiz Gonzaga: É o principal local da festa, onde acontecem os maiores shows de forró e apresentações de artistas renomados. Este pátio é o coração do São João de Caruaru e atrai grandes multidões todas as noites.
  • Pátio do Forró: Focado na tradição do forró pé-de-serra, oferece uma experiência mais autêntica e intimista, com apresentações de trios de forró e bandas locais.

Polos

  • Polo Alto do Moura: Conhecido pelo artesanato e pela cultura figurativa, com exposições e vendas de peças artesanais, além de shows de forró.
  • Polo Camarão: Oferece uma programação diversificada com bandas locais e regionais.
  • Polo Quadrilhas: Dedicado às apresentações de quadrilhas juninas, competições de dança com trajes coloridos e coreografias elaboradas.
  • Polo Repente: Espaço para repentistas e poetas populares, celebrando a poesia nordestina.
  • Polo Instrumental Rildo Hora: Focado em música instrumental, com apresentações de bandas e orquestras.
  • Polo Juarez Santiago: Apresenta uma programação variada com foco em música popular brasileira.
  • Polo Casa Rosa: Espaço cultural com eventos voltados para a diversidade e inclusão.
  • Polo Bacamarteiros: Desfiles e apresentações dos bacamarteiros, grupos tradicionais que utilizam bacamartes em celebrações.
  • Polo Infantil: Dedicado às crianças, com atividades lúdicas, teatro infantil e shows musicais.
  • Polo Pífano: Apresentações de bandas de pífano, grupos tradicionais que utilizam instrumentos de sopro e percussão.

Dicas para aproveitar

  • Chegue Cedo: Para garantir um bom lugar, especialmente nos shows mais concorridos.
  • Explore Diferentes Polos: Cada pátio oferece uma experiência única, então vale a pena visitar vários durante sua estadia.
  • Segurança: Mantenha atenção aos seus pertences e siga as orientações de segurança do evento.
  • Prove as Comidas Típicas: Aproveite as barracas de comidas em cada pátio para experimentar as delícias juninas.

O que comer e provar

No São João de Caruaru, a gastronomia é um dos grandes destaques, oferecendo uma ampla variedade de comidas típicas deliciosas que são parte essencial da experiência junina. Aqui estão algumas dicas do que você não pode deixar de experimentar:

Pratos Típicos

  • Pamonha: Feita de milho verde ralado, a pamonha pode ser doce ou salgada e é cozida na própria palha do milho. Uma delícia cremosa e reconfortante.
  • Canjica: Também conhecida como mungunzá em algumas regiões, é um prato doce feito com milho branco, leite de coco, açúcar e canela. É servida quente e é perfeita para as noites mais frias.
  • Cuscuz: Feito de flocos de milho, o cuscuz é um prato versátil que pode ser servido com manteiga, leite de coco, carne de sol, ou ovos. É um café da manhã popular, mas também é consumido durante todo o dia.
  • Bolo de Milho: Um clássico das festas juninas, esse bolo é feito com milho verde e tem uma textura úmida e sabor doce, muitas vezes incrementado com leite condensado ou coco.
  • Bolo de Aipim (Macaxeira): Outro bolo típico, feito com mandioca ralada, leite de coco, e açúcar. Tem uma textura densa e é muito saboroso.
  • Pé-de-Moleque: Um doce crocante feito com amendoim e rapadura ou açúcar mascavo. É um verdadeiro clássico das festas juninas.

Lanches e Petiscos

  • Espetinho de Carne: Pequeninos pedaços de carne assados no espeto e temperados com sal grosso. É um petisco popular e fácil de encontrar.
  • Milho Cozido: Simples e delicioso, o milho cozido é servido na espiga e pode ser temperado com manteiga e sal.
  • Mungunzá: Um prato doce ou salgado feito com milho branco cozido. Na versão doce, é servido com leite de coco, açúcar e canela; na versão salgada, pode levar carnes e temperos.
  • Pipoca Doce: Além da pipoca salgada, a pipoca doce, caramelizada com açúcar e colorida, é uma opção popular e tradicional nas festas juninas.

Comidas gigantes

As comidas gigantes são uma tradição única e fascinante do São João de Caruaru, que atrai muitos visitantes curiosos e famintos. Essas iguarias em tamanho superlativo são preparadas com o objetivo de celebrar a riqueza da culinária nordestina e promover a confraternização entre os participantes da festa.

Lembrando que pós a preparação, as comidas gigantes são distribuídas gratuitamente para os visitantes, promovendo um espírito de compartilhamento e alegria entre todos os presentes. Aqui estão algumas das principais comidas gigantes que você pode encontrar durante o São João de Caruaru:

  • Maior Bolo de Macaxeira: O bolo de macaxeira (também conhecido como bolo de aipim) é uma delícia feita com mandioca ralada, açúcar, leite de coco e manteiga. Durante o São João, um enorme bolo de macaxeira é preparado e distribuído entre os visitantes. Ele pode pesar centenas de quilos e é preparado por uma equipe de cozinheiros locais, que trabalham juntos para criar essa obra-prima culinária.
  • Maior Cuscuz do Mundo: No São João de Caruaru, o cuscuz gigante é preparado em uma panela enorme e servido com vários acompanhamentos, como carne de sol, queijo coalho e manteiga. Em 2012, Caruaru entrou para o Guinness World Records com o maior cuscuz do mundo, pesando mais de 900 kg.
  • Maior Pamonha: A pamonha gigante é feita com milho verde ralado, misturado com açúcar ou sal, dependendo se a versão é doce ou salgada. É cozida em uma grande panela ou em folhas de milho gigantes. Ela é frequentemente preparada em eventos especiais dentro do São João, com a participação da comunidade local.
  • Maior Canjica: Canjica é um doce tradicional feito com milho branco, leite de coco, açúcar e canela. A versão gigante é preparada em grandes panelas e servida quente para o público. A canjica gigante é uma das atrações mais esperadas, especialmente durante as noites frias de junho.
  • Maior Pé-de-Moleque: A versão gigante é moldada em grandes formas e cortada em pedaços para ser distribuída entre os visitantes. Este doce é preparado com grande cuidado para manter a textura crocante e o sabor tradicional, mesmo em grandes quantidades.
  • Maior Bolo de Milho: O bolo de milho é um favorito das festas juninas, feito com milho verde, leite de coco e açúcar. A versão gigante é assada em uma forma especial e decorada para a ocasião. O bolo é muitas vezes preparado ao ar livre, em fornos construídos especialmente para esse propósito.
  • Maior Quentão: O quentão gigante é preparado em grandes caldeirões e servido quente para o público. A preparação do quentão gigante é um evento por si só, com os cozinheiros trabalhando juntos para garantir que a bebida fique no ponto certo.

Bebidas

  • Quentão: Bebida típica junina feita com cachaça, gengibre, açúcar, e especiarias como canela e cravo que é servida quente e é ótima para esquentar as noites frias de junho.
  • Vinho Quente: Feito com vinho tinto, açúcar, frutas como maçã e especiarias, o vinho quente é outra bebida clássica das festas juninas.

Sugestões de Locais

  • Barracas no Pátio de Eventos: As barracas de comidas no Pátio de Eventos Luiz Gonzaga são ótimos locais para encontrar todas essas delícias. Cada barraca oferece uma especialidade, então explore várias para uma experiência completa.
  • Feiras e Mercados: O Mercado de Artesanato e as feiras de Caruaru são lugares ideais para encontrar comidas típicas e produtos locais.
  • Restaurantes Locais: Muitos restaurantes em Caruaru oferecem menus especiais durante o São João, destacando pratos tradicionais com um toque gourmet.

Caminhadas de São João

As caminhadas são uma parte importante e tradicional das festividades do São João de Caruaru. Elas são eventos de grande participação popular, combinando devoção religiosa, celebração cultural e muita animação.

As caminhadas são geralmente organizadas por grupos comunitários, associações culturais, e paróquias locais. A preparação pode incluir ensaios de música, preparação de trajes, e divulgação do evento.

Qualquer pessoa pode participar das caminhadas, e elas são conhecidas por serem eventos inclusivos e acolhedores. Os visitantes são incentivados a se juntar e experimentar a alegria e o espírito comunitário.

Caminhada do Forró

Esta caminhada é uma celebração itinerante que reúne músicos, dançarinos e foliões pelas ruas de Caruaru. Acompanhados por trios de forró, os participantes dançam e cantam ao som do autêntico forró pé-de-serra. A caminhada é liderada por bandas locais e forrozeiros conhecidos, criando uma atmosfera festiva e contagiante. É uma excelente oportunidade para os visitantes e moradores interagirem e celebrarem juntos.

Caminhada de São João

Esta é uma procissão religiosa que mistura fé e tradição, celebrando São João Batista, o santo padroeiro das festas juninas. Os participantes percorrem um trajeto determinado, geralmente saindo de uma igreja local e passando por diversos pontos importantes da cidade. Durante a caminhada, os fiéis carregam estandartes e imagens de São João Batista, cantam hinos religiosos e rezam. É um momento de devoção e espiritualidade, reforçando os laços comunitários.

Caminhada do Cuscuz

Uma das caminhadas mais pitorescas, a Caminhada do Cuscuz, combina exercício físico com a degustação de comidas típicas. Os participantes caminham por um percurso estabelecido enquanto desfrutam de pratos de cuscuz preparados em diferentes estilos. Esta caminhada é uma verdadeira festa gastronômica e cultural, onde se pode experimentar a variedade e a criatividade na preparação do cuscuz, uma iguaria essencial do São João.

O trajeto tem como ponto final o Alto do Moura e a caminhada é um cortejo tradicional que foi criado em 1993 para repor as energias dos participantes da caminhada do forró.

Caminhada dos Bacamarteiros

Os bacamarteiros são grupos tradicionais que utilizam bacamartes (um tipo de arma de fogo) para celebrar o São João com tiros festivos. Esta tradição, além de ser um espetáculo visual e sonoro, é uma forma de preservar e celebrar a cultura e a história locais. Os bacamarteiros usam trajes típicos e seguem em procissão pelas ruas da cidade.

Segurança e Logística: Durante as caminhadas, a segurança é uma prioridade. As autoridades locais normalmente garantem a presença de policiamento, serviços médicos e controle de tráfego para assegurar que os eventos ocorram de maneira segura e organizada.

Dicas para Participar

  • Roupas Confortáveis: Use roupas e calçados confortáveis, pois as caminhadas podem durar várias horas e envolver longas distâncias.
  • Hidratação: Leve água para se manter hidratado durante a caminhada, especialmente em dias quentes.
  • Pontualidade: Chegue cedo para garantir um bom lugar e aproveitar o evento desde o início.
  • Respeito às Tradições: Respeite as tradições locais e participe de forma respeitosa, especialmente nas caminhadas religiosas.
  • Integração: Aproveite para interagir com os moradores locais, conhecer novas pessoas e aprender mais sobre as tradições de Caruaru.

Como chegar em Caruaru

Chegar a Caruaru é relativamente fácil, graças à sua proximidade com grandes centros urbanos e à disponibilidade de diferentes meios de transporte. A seguir separei algumas AmanDICAS para vocês:

De Avião

O aeroporto mais próximo de Caruaru é o Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre, localizado a aproximadamente 130 km de distância.

Do Aeroporto de Recife até Caruaru você pode pegar:

  • Ônibus: Há serviços de ônibus que fazem o trajeto do Recife a Caruaru, com saídas frequentes da rodoviária do Recife.
  • Alugar um carro: Você pode alugar um carro no aeroporto e dirigir até Caruaru pela BR-232, uma viagem de cerca de 2 horas.
  • Contratar um transfer: Algumas empresas oferecem serviços de transfer direto do aeroporto até Caruaru.

De Ônibus

Caruaru é bem servida por linhas de ônibus que conectam a cidade a vários lugares do Nordeste. As principais Empresas de Ônibus são as Empresas Progresso, Caruaruense e Auto Viação Cruzeiro que oferecem linhas regulares partindo de Recife, João Pessoa, Maceió, entre outras.

De Carro

Partindo do Recife:

  • Rota: Pegue a BR-232 a partir do Recife. É uma estrada duplicada e bem sinalizada, com uma distância de aproximadamente 130 km até Caruaru.
  • Duração: Cerca de 2 horas de viagem.

Partindo de Outras Cidades:

  • João Pessoa: Via BR-101 e BR-232, cerca de 200 km.
  • Maceió: Via BR-104 e BR-232, aproximadamente 290 km.
  • Salvador: Via BR-101 e BR-232, cerca de 730 km.

Dicas para a Viagem

  1. Planeje com Antecedência: Durante o São João, Caruaru recebe muitos visitantes. Reserve suas passagens e acomodações com antecedência.
  2. Cuidado com o trânsito: As estradas podem ficar congestionadas, especialmente durante os finais de semana festivos. Saia cedo para evitar o trânsito pesado.

Hospedagem durante o São João

Devido à alta demanda durante o São João, é essencial garantir sua reserva o quanto antes para evitar contratempos. E, como a cidade fica bem movimentada, é importante garantir que a sua hospedagem seja bem localizadada.

O ideal é garantir fácil acesso aos principais pátios e eventos a pé, por isso, é melhor se hospedar no centro da cidade em hospedagens próximas ao Pátio de Eventos Luiz Gonzaga.

Hotel Central Caruaru , Center Plaza Hotel e Hotel Maysa Caruaru hotéis tradicionais no coração de Caruaru, com quartos confortáveis e café da manhã incluído. Eles ficam no centro da cidade, permitindo fácil acesso a pé ao Pátio de Eventos Luiz Gonzaga.

Outra opção bem legal são os apartamentos. Você encontra excelentes opções de quartos próximos aos pátios e com um preço bem atrativo!

Descontos para sua viagem

  • Hospedagem:
  •  Booking
  •  Hoteis.com
  • Voluntariados:
  •  Worldpackers
  • Chip internacional com desconto:
  •  América Chip 10% off
  • Passagens aéreas baratas:
  •  Passagens Promo
  • Aluguel de carro:
  •  Rent Cars
  • Passeios e Ingressos:
  •  Get Your Guide
  •  Luck Receptivos
Foto de Amanda Antunes
Olá, eu sou a Amanda Antunes .

Amanda Antunes

Olá! Eu sou Amanda. Sou publicitária, criativa e apaixonada por fotos e viagens. Ao todo foram 3 intercâmbios e 42 países visitados. São muitas histórias para contar, porque eu Prefiro Viajar!

Ver mais artigos desse autor

Deixe seu comentário

Seja o primeiro!

0
    0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazio