Brasil

Roteiro de Paraty: o que fazer, onde ficar e mais

Se você me segue no Instagram, sabe que em novembro 2020, eu estive em Paraty em uma viagem de 10 dias para descobrir cantinhos mais do que especiais pra compartilhar com vocês! Foi uma viagem em parceria com a agência @ParatyExplorer e eu aprendi muitas coisas legais além das famosas praias da cidade. Bora conferir o meu roteiro de Paraty? Vem comigo!

Sobre Paraty

Paraty é, sem dúvidas, um dos lugares que eu mais gosto de visitar perto do Rio de Janeiro. Suas ruas de pedras, recheadas de casarões antigos super coloridos transbordam história e dão um charme mais do que especial para a cidade.

Inclusive, Paraty foi fundada em 1667 e lá era um dos principais portos da região sudeste do Brasil, tendo uma importância econômica muito grande, primeiramente, pela exportação do Pau Brasil, seguido pelo tráfico de africanos escravisados, pelos produção dos engenhos de cana de açúcar e, posteriormente, pelo escoamento do ouro de Minas Gerais (caminho do ouro).

Entretanto, com a construção do novo caminho da Estrada Real, que ligava Minas diretamente ao Rio de Janeiro, a cidade sofreu um grande impacto econômico, voltando a ter destaque apenas na década de 70 com a construção da Rodovia Rio-Santos. A partir desse momento Paraty tornou-se destaque nacional e internacional, não só pelo seu patrimônio histórico e cultural, mas também por suas infinitas belezas naturais.

Vale lembrar que em Paraty e nos seus arredores tem muita Mata Atlântica! Na região, você encontra a Área de Proteção Ambiental do Cairuçú, o Parque Nacional da Serra da Bocaina, a Reserva da Joatinga e o início do Parque Estadual da Serra do Mar! Ou seja, praia, cachoeiras, trilhas e atividades ao ar livre é o que não falta em Paraty!


Sobre a minha viagem

Como eu falei pra vocês anteriormente, o principal objetivo dessa viagem foi descobrir lugares diferentes e especiais em Paraty. Eu mesma visitei Paraty em 2016 e não conheci metade do que a cidade tem a oferecer.

Por isso, desse vez, eu pedi reforços e fiquei 10 dias em parceria com a @ParatyExplorer fazendo passeios bem diferentes, ficando em vários tipos de hospedagem, comendo em vários restaurantes legais para recomendar as melhores atividades pra vocês!

Então, já salva esse roteiro e compartilha com os amigos porque lá vem muitas AmaDICAS de ouro!


Como chegar em Paraty?

Paraty fica localizada há cerca de 260km do Rio de Janeiro e 270km de São Paulo. As duas vezes que fui, inclusive, eu saí do Rio de Janeiro e fiz uma vez o trajeto de carro e outra de transfer. A seguir, vou tentar resumir a opções mais comuns para chegar em Paraty.

Transfer

Quem acompanha as minhas viagens, sabe que eu não tenho carteira de motorista. Por isso, muitas vezes, eu uso transfers para fazer os meus deslocamentos e para Paraty não foi diferente.

Eu achei essa opção muito bacana, principalmente, por conta da pandemia. A van não estava cheia, o trajeto foi super confortável e eles pegam você na rodoviária do Rio, nos aeroportos e em alguns lugares da Zona Sul a combinar.

O transfer eu fiz com a empresa Paraty Tours e o valor do transfer ida e volta foi de R$345 por pessoa. Lembrando que você pode levar uma mala de mão e uma regular e o transfer te deixa na porta da sua pousada.

Carro

como chegar paraty de carro

Chegar em Paraty de carro é super tranquilo, a estrada é boa e o trajeto dura cerca de 4 horas. Tem vários lugares para fazer paradas e saindo do Rio de Janeiro você pode ir pela Dutra ou pela Rio Santos.

Mas, no geral, aconselho que você use o Waze para ficar de olho nos radares que são muitos até chegar em Paraty!

Ônibus

A opção mais em conta é fazer o trajeto Rio de Janeiro x Paraty de ônibus. Tanto na Rodoviária do Rio quanto na Rodoviária de Paraty, você encontra 4 saídas por dia da empresa Costa Verde no valor de R$ 81,86 a ida e R$75,90 a volta, ou seja, R$157,76 ida e volta.


Quando ir a Paraty?

Paraty é um destino que recebe visitantes praticamente o ano inteiro. Até durante a semana a cidade está bem movimentada, mas, no geral, os melhores meses para visitar são entre março e junho (outuno) e setembro e novembro (primavera). Nesses períodos, é quando a cidade está fora da alta temporada e o risco de chuva é bem baixo!

Eu viajei em novembro e achei que foi um ótimo mês! Peguei dias ensolarados e a cidade ainda tranquila de visitar durante a semana.

Vale lembrar que os meses de alta temporada são as férias escolares (dezembro até fevereiro / junho até agosto), feriados prolongados e durante eventos famosos da cidade como a Feira Literária Internacional de Paraty.


O que fazer em Paraty? Passeios imperdíveis!

O que não falta em Paraty são atividades e lugares incríveis para conhecer! Eu vejo muitas pessoas viajando para Paraty durante o feriado e fazendo mais do mesmo, mas já adianto que tem muitos outros cantinhos para serem explorados além do tradicional, tanto em Paraty quanto nos arredores!

Por isso, a seguir, eu separei todos os passeios incríveis que a Paraty Explorer e a Paraty Tours me levaram para fazer e mostrar os detalhes tanto aqui no blog quanto no canal do youtube!

E, reparem bem que quase todos os passeios tem os seus vídeos acompanhando para vocês curtirem todos os cantinhos comigo!!!

City Tour em Paraty

Se tem um lugar que vale a pena fazer um City Tour é no centro histórico de Paraty. Se você gosta de história, esse é um passeio que eu recomendo bastante. Sem contar que caminhando pelas ruas de Paraty, você vai conhecer muitos lugares legais e vai poder tirar dúvidas e pedir dicas com uma pessoa que conhece os melhores cantinhos da cidade.

centro de paraty
Centro de Paraty

Sem dúvidas, esse é um passeio que eu recomendo bastante! Eu fiz o meu City Tour com o Rodrigo da Paraty Explorer e esse passeio custa R$150 por pessoa.

Trilha do Ouro

Esse é um passeio privativo da Paraty Explorer que vale muito a pena para quem ama história e aventura. É uma caminhada super tranquila por cerca de 2km do antigo Caminho do Ouro que ligava Paraty até MG e no final você ainda visita o Poço do Tarzan, a Cachoeira do Tobogã e ainda pode almoçar no Restaurante do Engenho D’Ouro e aprender bastante sobre a famosa Cachaça de Paraty.

AmanDICA: prove o drink Jorge Amado do Restaurante do Engenho D’Ouro é super tradicional e o de lá é perfeito!!!

Valor: R$180 por pessoa
Duração: 4 horas

Bate e volta em Trindade

Tem como ir a Paraty e não lembrar de Trindade? Algumas pessoas costumam se hospedar em Trindade, mas nas duas vezes que eu fui eu fiz o famoso bate e volta de Paraty Tours. Esse é um passeio que dura o dia todo (umas 6 horas) e você passa por diversos pontos de interesse como: Praia do Meio, Piscina Natural do Caixa D’aço, entre outros.

Mas Amandinha eu posso fazer por conta própria? Pode sim! Mas, como eu não tenho carteira de motorista e não conhecia tanto a região, optei em fazer todos os passeios com agências locais que me deram todo o suporte que eu precisei!

Valor: R$100 por pessoa
Duração: 6 horas

Trilha do Saco do Mamanguá

Esse foi um passeio mais do que incrível que eu fiz em Paraty! Em um só passeio, eu fiz um mix de ilhas de Paraty e uma super trilha até o Pico Pão de Açúcar para ver o famoso Saco do Mamanguá lá do alto!

Nesse passeio, eu conheci: a Ilha dos Cocos, a Enseada da Preguiça, Saco da velha + Gruta do Saco da Velha, Ilha da Cotia, Forte do Tapera e Trilha do Pico do Pão de Açúcar!

Vale lembrar que a trilha o Pico do Pão de Açúcar é muito íngreme, eu achei que não ia aguentar, mas valeu muito a pena! Por isso, levem lanche, um tênis adequado e bebam bastante água.

Além disso, como eu falo no vídeo, esse passeio eu fiz de forma privativa, com uma lancha alugada só pra mim (R$1800 a diária) para dar tempo de fazer tudo e conseguir chegar mais cedo do que os parcos coletivos. Para entender mais sobre os valores de passeios como esse, vale falar diretamente com a Paraty Explorer e já pedir um descontinho!

Entretanto, quem quer economizar também consegue fazer as duas atividades separadamente, ou seja, 1 dia só para a trilha e 1 dia só para o passeio de barco para conhecer as ilhas! Eu recomendo bastante, pois assim você consegue aproveitar com mais calma.

Lancha Privativa: R$1800
Passeio de Escuna: R$70
Trilha do Pico do Pão de Açúcar: R$ 320
Duração: 6 horas

Jeep tour pelas cachoeiras

O que não falta em Paraty são cachoeiras! Eu fiquei impressionada com tantas cachoeiras perfeitas que eu visitei por lá. É até por isso, Jeep Tour é um passeio tão famoso por lá. Você pode fazer ele em grupo ou de maneira privativa, assim como eu fiz com a Paraty Tours.

Se liga nas cachoeiras que eu conheci no Jeep Tour: Cachoeira Pedra Branca, Cachoeira 7 Quedas, Cachoeira da Jamaica e Cachoeira do Tobogã! No video abaixo, vocês conseguem ver detalhes de cada uma delas.

Lembrando que o acesso até a Cachoeira das 7 Quedas é bem complicado e recomendo o acesso apenas para carros BEM altos!

Valor do passeio coletivo: R$100
Duração: 6 horas

Passeio de Caiaque

Você sabia que dá pra passear de caiaque pelo Manguezal de Paraty e de quebra ainda visitar umas praias desertas? Eu não sabia e aprendi com a Paraty Explorer. Esse passeio é a especialidade deles e pode ser feito de maneira individual ou em grupo.

Ah! Você não precisa saber remar, pode ser a sua primeira vez. Todos os passeios são acompanhados de um instrutor, colete salva vidas e bolsas estanque a prova d’água.

Valor do passeio: R$170 por pessoa
Duração: 4 horas

Visita a Ilha do Araújo

Esse passeio eu achei tão especial. Eu fiquei o dia todo imersa na segunda maior Comunidade Caiçara da região na tranquila Ilha do Araújo.

Do cais da Praia Grande, eu peguei um barco rapidinho até a Ilha e lá eu curti o dia, almocei na casa do Almir Tã, peguei uma prainha e até me arrisquei remando em uma canoa caiçara! Tem todos os detalhes no vídeo, esse vale a pena assistir!

Valor do passeio: R$180 por pessoa
Duração: 6 horas

Praia de Ponta Negra e arredores

Eu aposto que você já ouviu falar da Praia do Sono, né? Eu tinha ouvido muito falar e decidi finalmente fazer a trilha e conhecer um pouquinho dessa parte de Paraty.

Em apenas 2 dias, eu conheci a Praia do Sono, Antigos, Antiguinhos, a Cachoeira de Galhetas e me hospedei na Praia de Ponta Negra. Na verdade, o roteiro original inclui a ida até Saco Bravo, mas como choveu eu não consegui ir dessa vez! Dá só um confere no vídeo pra entender melhor.

Esse é um passeio que eu achei bem interessante pois além do guia, o pacote inclui 1 pernoite em Ponta Negra, café da manhã, almoço e jantar, além do transfer de barco de volta para a Vila do Oratório.

Valor do passeio: R$800 por pessoa
Duração: 2 dias


O meu roteiro completo de Paraty

Ao todo, eu fiquei 10 dias em Paraty e para facilitar a sua viagem, a seguir, vou detalhar o meu roteiro dia a dia!

Dia 1

  • Chegada em Paraty
  • City tour no centro de Paraty

Dia 2

  • Passeio Trilha do Ouro + Poço do Tarzan + Cachoeira do Tobogã
  • Almoço no Engenho D’Ouro
  • Jantar na Base

Dia 3

  • Passeio a Trindade
  • Almoço no Restaurante Vagalume do Meio
  • Jantar no Restaurante do Peró

Dia 4

  • Passeio de Lancha pelas ilhas (Ilha do Cocos, Enseada da Preguiça, Praia e Gruta do Saco da Velha, Ilha da Cotia, Forte da Tapera)
  • Trilha do Pico do Pão de Açúcar
  • Jantar no Refúgio Paraty

Dia 5

  • Passeio Jeep Tours (Cachoeira Pedra Branca, Cachoeira Sete Quedas, Cachoeira da Jamaica, Cachoeira do Tobogã)
  • Jantar no Restaurante Frida y Diego

Dia 6

  • Passeio de caiaque
  • Almoço Quintal de Mãe (provem a coxinha de siri)
  • Caminhada pelo Centro de Paraty

Dia 7

  • Passeio pela Ilha do Araújo

Dia 8

  • Caminhada pelo centro de Paraty bem cedinho para fazer fotos
  • Trilha e pernoite na Praia de Ponta Negra
  • Lanche na Praia do Sono
  • Jantar no Restaurante do Teteco

Dia 9

  • Praia de Antigos e Antiguinhos
  • Cachoeira das Galhetas
  • Almoço Praia de Ponta Negra no Restaurante do Teteco
  • Retorno para Paraty

Dia 10

  • Retorno para o Rio de Janeiro

Quanto tempo ficar em Paraty?

Como vocês podem ver, Paraty tem muitas coisas legais para conhecer também nos seus arredores! Eu acredito que 7 dias seja bem legal para conhecer muitos deles com calma.

Além disso, recomendo muito que você tente visitar Paraty durante a semana. Pois, nos finais de semana e feriados prolongados, a cidade fica bem cheia e alguns passeios podem não ser tão legais, principalmente, agora na pandemia.


Onde comer?

Você curte fazer turismo gastronômico? O que não falta em Paraty são restaurantes deliciosos para você conhecer! Eu visitei alguns deles e aqui estão AmanDICAS pra vocês se deliciarem em Paraty!

Restaurante Refúgio

Que tal curtir um fim de tarde com uns bons drinks de frente pro porto de Paraty? Eu fiquei apenas encantada com o Restaurante Refúgio! Os pratos são deliciosos, sem contar a decoração do restaurante que é impecável e super charmosa!

Carpaccio de pupunha

Recomendo muito o Carpaccio de pupunha gratinado com manteiga de salvia e parmesão. É uma delícia! Fiquei aqui aguando só de lembrar! O valor médio por prato no restaurante é de R$60.

Restaurante Manuê

Essa é uma ótima opção de restaurante para quem quer fazer um lanche e dar uma economizada. Os dobrados são deliciosos, parecem um crepe crocante e eles atendem super rápido!

Dobrado de frango

Restaurante do Peró

Localizado dentro da Pousada do Príncipe, o Restaurante do Peró tem um menu recheado de influencias brasileiras e temperos indígenas. É um restaurante bem legal para jantares especiais e para quem gosta de turismo gastronômico!

Eu pedi um robalo com crosta de barú, farofa de farinha de mandioca com camarão e emulsão de tucupi que estava divino! Uma verdadeira explosão de sabores. O valor médio por prato no restaurante é de R$50.

Restaurante Engenho D’Ouro

Eu já falei que vocês precisam provar o drink Jorge Amado, né? Mas provem no Restaurante Engenho D’Ouro. Ele fica em frente a Cachoeira do Tobogã e eles oferecem almoço self-service e a la carte!

Drink Jorge Amado

Restaurante Frida y Diego

Comida Mexicana em Paraty? Temos! Além de ser um charme, o Restaurante Frida y Diego me surpreenderam pelo menu recheado de delícias mexicanas. Os pratos são super bem servidos e os drinks são bem gostosos!

A minha sugestão é provar a Margarita com os Nachos. Eu amei! E, as vezes também rola uma música ao vivo que deixa o clima do restaurante ainda mais mexicano. O valor médio por prato no restaurante é de R$40.

Restaurante Vagalume do Meio

Está procurando um lugar para comer frutos do mar com um preço maneiro? Corre no Restaurante Vagalume do Meio em Trindade. Ele fica de frente pra Praia do Rancho e os pratos são super bem servidos. Eu e Nath pedimos Strogonoff de camarão para 2 pessoas e comiam tranquilamente 3 pessoas!

Strogonoff de camarão

Restaurante do Teteco

Quer comer a melhor comida caiçara da sua vida? Então, anota aí: Restaurante do Teteco na Praia de Ponta Negra. Nada melhor para recarregar as energias do que comer frutos do mar fresquinho, arroz, feijão, salada, farofa e purê de banana da terra, né?

E, já aviso que você curte banana, você vai enlouquecer com o purê de banana! É a coisa mais deliciosa do mundo. Eu comi ele puro de tão gostoso! rs


Onde ficar em Paraty?

Como eu falei para vocês no início do artigo, eu optei em ficar em diversos tipos de hospedagem em Paraty para oferecer o máximo de opções para vocês. A seguir listei todas elas e contei um pouquinho de cada uma.

Pousada Vila do Porto

Quer se hospedar no centro de Paraty por um preço bacana? Então você vai curtir a Pousada Vila do Porto. Ela fica bem próxima do porto de onde saem os passeios, dos restaurantes e das lojinhas.

O mais legal é que a Pousada Vila do Porto preservou bastante a arquitetura original, então assim que você entra você já se depara com as famosas portinhas coloridas que dão muita vontade de sair tirando foto de tudo!

vila do porto pousada paraty

Outro ponto bem legal é o preço. A Pousada Vila do Porto oferece diárias em quartos duplos a partir de R$199 e fica bem no centro de Paraty. Acho um excelente custo-benefício e você pode fazer a sua reserva através desse link!


Pousada do Príncipe

Localizada há 3 minutos a pé do centro de Paraty, a Pousada do Príncipe é queridinha em Paraty. Ela tem uma arquitetura colonial e pertenceu ao príncipe do Brasil antes de ser vendida, por isso, tem esse nome.

O quarto é bem espaçoso e a pousada fica localizada perto de várias lojas e restaurantes. Sem contar da piscina e o café da manhã super completo! O waffle de pão de queijo é apenas TUDO!

Além disso, quero deixar aqui meus sinceros elogios pela preocupação da pousada com as medidas de proteção contra o covid. Achei exemplar, desde a minha chegada até o meu check-out!

O valor da diária na Pousada do Príncipe é cerca de R$395 e você pode fazer a reserva e a cotação diretamente por esse link do Booking.


Maris Pousada

Localizada há cerca de 15 minutos a pé do centro histórico, a Maris Pousada é perfeita para casais e pessoas que estão buscando uma casinha em Paraty. O quarto é super confortável e a decoração é impecável.

Pra mim, um diferencial importante é que no quarto você tem uma mini cozinha, ideal para quem quer ficar mais tempo e até cozinhar para dar uma economizada.

Além disso, eles oferecem um café da manhã delicinha na varanda, ar condicionado, wifi em todos os quartos, uma piscininha delícia e muito conforto.

O valor da diária na Maris Paraty é cerca de R$460 e você pode fazer a reserva e cotação diretamente por esse link do Booking.


Cabanas da Vila do Teteco

Uma opção bem legal para quem está buscando um lugar para se hospedar na Praia de Ponta Negra são as cabanas da Vila do Teteco. Elas são simples mas muito confortáveis. Eu reparei que algumas pessoas tem dificuldade de encontrar hospedagens por lá, então deixo aqui a AmanDICA.

Lembrando que os quartos contam apenas com ventilador e acho importante levar bastante repelente. O café da manhã está incluído na diária e as cabanas são bem espaçosas, são perfeitas para famílias e grupos!

O valor da diária na cabanas da Vila do Teteco é cerca de R$200 e você pode fazer a reserva e cotação diretamente pelo site deles.


Quanto custa viajar para Paraty?

Essa é a pergunta que vocês mais tem curiosidade em saber e também a mais complicada. Isso porque, o valor da sua viagem vai depender do tipo de passeio que você pretende fazer, da quantidade de dias que você vai viajar, onde você vai se hospedar e por aí vai.

A maioria dos passeios que eu fiz foi o privativo e aconselho que quem for viajar em grupo ou família faça da mesma forma, até por conta de tudo que vem acontecendo com o covid.

Mas, se você for viajar por conta própria, será inevitável pensar nos passeio em grupo, por isso, abaixo, fiz um orçamento com base no meu roteiro para uma viagem de 10 dias por Paraty e arredores.

  • Hospedagem: R$ 2310 para duas pessoas
  • Alimentação: R$ 1.200 por pessoa
  • Passeios: R$ 2.070 por pessoa
  • Transfer ida e volta: R$345 por pessoa

Ou seja, o total de gastos por pessoa para 10 dias de viagem seria cerca de R$ 4.765 incluindo todos os gastos e todos os passeios que eu fiz durante a minha estadia por lá.

Lembrando que você economizar BASTANTE em alimentação, passeios e hospedagem, tudo vai depender do seu estilo de viagem! E, tem também o meu desconto com a Paraty Explorer, é só dizer que conheceu eles no blog, afinal, é sempre bom economizar, né?

Descontos para sua viagem

  • Hospedagem:
  •  Booking
  •  Hoteis.com
  • Voluntariados:
  •  Worldpackers
  • Chip internacional com desconto:
  •  América Chip 10% off
  • Passagens aéreas baratas:
  •  Passagens Promo
  • Aluguel de carro:
  •  Rent Cars
  • Passeios e Ingressos:
  •  Get Your Guide
Foto de Amanda Antunes
Olá, eu sou a Amanda Antunes .

Amanda Antunes

Olá! Eu sou Amanda. Sou publicitária, criativa e apaixonada por fotos e viagens. Ao todo foram 3 intercâmbios e 42 países visitados. São muitas histórias para contar, porque eu Prefiro Viajar!

Ver mais artigos desse autor

Deixe seu comentário

2 pessoas comentaram!

0
    0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazio