Ásia Pelo mundo Tailândia

Onde ficar em Bangkok: melhores bairros e hotéis para se hospedar!

onde ficar em bangkok
Amanda Antunes
Escrito por Amanda Antunes

Bangkok, a capital da Tailândia, pode assustar de primeira por ter aquele clima urbano de metrópole bem diferente dos lugares paradisíacos que estamos acostumados a imaginar quando pensando no país.

Na cidade mais populosa da Ásia, onde ficar em Bangkok certamente vai definir a sua viagem. Aqui, como em toda cidade grande, não faltam opções para todos os bolsos: das mais simples às mais luxuosas.

Preparamos essa lista para te ajudar a escolher onde se hospedar!

Khao San Road

onde ficar em bangkok khao san road

A principal opção quando o assunto é onde ficar em Bangkok. Uma das ruas mais famosas da cidade e unanimidade entre os mochileiros. Traz aquele estilo de avenida longa: cheia de luz e animação, com barzinhos, restaurantes, festas, barraquinhas de comida local e vendedores de espetinhos e lembrancinhas.

Mas se você não curte uma típica região turística, atenção: esse lugar não é ideal para você. O bairro é famoso por ser a capital dos mochileiros por um motivo: aqui você encontra uma vibe animada, jovem, agitada (e consequentemente barulhenta), além de uma boa infraestrutura turística e maior concentração de hotéis e hostels da cidade

Hotéis: Dang Derm in the Park Khaosan (diária a partir de R$145); New Siam II (diária a partir de R$140); Paragon One Residence (diária a partir de R$120);

Hostels: Bed Station Hostel Khaosan (diária a partir de R$50); Khaosan Station (diária a partir de R$35); The Moon Night Hostel (diária a partir de R$130);


Dica: Passagens aéreas para a Tailândia são famosas por seus preços elevados. Mas sempre é possível encontrar boas promoções, principalmente se compararmos diferentes companhias aéreas em um só lugar. Fique de olho em sites como Passagens Promo para garantir o melhor preço!


Silom

onde ficar em bangkok silom

No bairro de Silom, você vai estar amparado com bons restaurantes e cafés, além de encontrar também uma vida noturna ativa e animada e estar bem localizado em termos de transporte público. Fica próxima ao Centro, mas distante o suficiente para não ser tão barulhento e movimentado, e, por isso, as viagens no metrô de superfície BTS Skytrain acabam ficando menos lotadas e mais agradáveis e te levam aos principais pontos turísticos da cidade.

Hotéis: Novotel Bangkok Fenix Silom (diária a partir de R$200); Mandarin Hotel Managed by Centre Point (diária a partir de R$290); The Grand Sathorn (diária a partir de R$220);

Hostels: Rest 24 Hostel (diária a partir de R$40); T Y Guest House (diária a partir de R$70); A’stel Bangrak (diária a partir de R$50);

Sukhumvit

onde ficar em bangkok skhumvit

Assim como em Khao San Road, esse também é um bairro central, movimentado e agitado, com um grande leque de opções de hospedagens para todos os bolsos. Além disso, é a principal avenida da cidade e liga os principais pontos. Como os táxis são bem caóticos principalmente nessa região, aproveite a proximidade com o BTS e do MRT (metrô subterrâneo) para também fazer bastante uso do transporte público.

Hotéis: Novotel Bangkok Sukhumvit 4 (diária a partir de R$350); iBis Styles Bangkok Sukhumvit 4 (diária a partir de R$250); One One Bangkok (diária a partir de R$259);

Hostels: Sleepbox Sukhumvit 22 Hostel (diária a partir de R$45); Hide Bangkok Hostel (diária a partir de R$45);

Riverside

onde ficar em bangkok riverside

E por que não se hospedar às margens do Rio Chao Phraya? Você pode ter uma das melhores vistas da cidade escolhendo um dos luxuosos hotéis da região e desfrutar de incríveis opções de entretenimento e de alimentação, sem perder a estrutura turística.

Hotéis: Hotel Millenium Hilton Bangkok (diária a partir de R$480); Chatrium Hotel Riverside Bangkok (diária a partir de R$450); Hotel Ibis Bangkok Riverside (diária a partir de R$195);

Hostels: PAMAhouse Boutique Hostel (diária a partir de R$55); Matchanu River Hostel Bangkok (diária a partir de R$60);


Dica: Outra opção de hospedagem bacana também é Airbnb. Bangkok conta com ótimas opções com o custo-benefício excelente. Alugando com esse link, você ganha R$130 reais de desconto na sua primeira hospedagem.


Chidlon & ThongLor

onde ficar em bangkok chidlon e thonglor

Esses dois bairros são onde você encontra as opções mais luxuosas de Bangkok, tanto em hospedagem quanto em gastronomia. Entre suas ruas de prédios modernos, você se deparará com muitas opções cool de cafés, restaurantes e bares, além de poder aproveitar a vida noturna inigualável dessa região. Nessas áreas de mais prestígio da cidade, você também tem acesso fácil a lojas de marcas, opções gastronômicas refinadas e calçadas vazias (ao contrário do restante da cidade!).

Apesar de você encontrar lugares com preços bem elevados por aqui, pode ficar tranquilo que esses bairros também são repletos de opções mais em conta.

Hotéis: The Salil Hotel Thonglor (diária a partir de R$700); Bangkok Marriott Hotel (diária a partir de R$560); LA49 Hotel (diária a partir de R$150);

Hostels: The Campus Hotel (diária a partir de R$25); Pier 49 Hostel (diária a partir de R$50);


Leia mais: Roteiro de Bangkok – o que fazer em 4 dias?

 Você curte as minhas dicas? Então já segue o @prefiroviajar no Instagram pra acompanhar as minhas viagens em tempo real! 

VAI VIAJAR? ENTÃO RESERVE AQUI!

Você sabia que quando você faz uma reserva com um link aqui no blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não é taxado a mais por isso e ainda ajuda o Prefiro Viajar a produzir mais artigos de qualidade! Então, bora reservar?

Passeios e ingressos: TourOn e Get Your Guide
Hospedagem: BookingAirBnB e Hoteis.com
 Seguro viagem: Real Seguro e Seguros Promo
 Passagens aéreas baratas: Passagens Promo , Voopter e Decolar.com
 Aluguel de carro: Rent Cars e ReserveCar
 Dinheiro pro exterior: Transferwise

Sobre o autor

Amanda Antunes

Amanda Antunes

Olá! Eu sou Amanda. Sou publicitária, criativa e apaixonada por fotos e viagens. Ao todo foram 3 intercâmbios e 24 países visitados. São muitas histórias para contar, porque eu Prefiro Viajar!

Deixe um comentário