Brasil

O que fazer em Morro de São Paulo? Passeios imperdíveis!

Sobre Morro de São Paulo

Morro de São Paulo é uma Ilha que segue as normas dada pela cidade de Cairu, junto com Boipeba, Moreré e Gamboa e outros vilarejos ao redor. Por ser uma ilha, não tem como você ter ou alugar carro (várias pessoas vão pensando que podem alugar um quadriciclo, porém, isso não existe na ilha!). Basicamente você irá fazer tudo a pé ou de bicicleta. 

Repleto de beleza natural, de um mar de 50 tons de azul e de muitos frutos do mar, Morro é daqueles lugares que vai ganhar o seu coração. Agora, algo que chega a ser até engraçado e contraditório, mas quanto mais longe do “Morro” você for se hospedar ou passear, mais no paraíso vai estar! 

Por ser uma ilha com pouca infraestrutura, o Morro é carente em algumas coisas, como por exemplo, supermercados e caixas eletrônicos, e por isso, uma super dica é levar dinheiro vivo com você desde a cidade que saiu ou de Salvador, pois lá será um tanto quanto complicado para conseguir, principalmente se você for em alta temporada. A maioria dos lugares aceita cartão de crédito, porém, é sempre bom ter dinheiro vivo. 

Outra coisa importante de se saber é que lá somente tem um posto de saúde, não tendo hospital. Então, tente não se machucar feio, ou melhor, não se machucar nada, pois caso contrário você será socorrido de ambulancha, a lancha que irá te levar para o hospital mais próximo. 


Como chegar em Morro de São Paulo

Morro de São Paulo fica localizado no Arquipélago de Tinharé do litoral sul baiano, perto de Salvador, sendo portanto a sua melhor opção de aeroporto para chegar. Porém, o Morro de São Paulo é perto, mas não é tão simples de se chegar, pois você terá que enfrentar pelo menos um trajeto de 2 a 3 horas do aeroporto de Salvador até a ilha. 

Para chegar no Morro de São Paulo, você tem que pegar ou um catamarã, que irá demorar aproximadamente 2 horas, e é direto, porém, mexe bastante, por isso, não será a melhor opção se você é daqueles que fica enjoado facilmente com barcos, ou se tiver labirintite.

Você optar pelo transfer semi terrestre, onde você fará duas partes de barco (ferry e lancha) e uma parte de ônibus (ou carro). O semi terrestre é mais longo, mas vale também é mais confortável, podemos dizer assim. 


Onde ficar em Morro de São Paulo

Foto por Max Sandy

Confira também: Melhores hospedagem em Morro de São Paulo!

São 5 praias que dividem o local, onde a primeira é conhecida como Morro mesmo, e a quinta como praia do encanto. A maioria dos hotéis e pousadas ficam localizadas na 1ª e 2ª praias, porém se for escolher um lugar para ficar, ficaria na 4ª ou 5ª praia. Existem casas no airbnb para alugar que são muito lindas (como a Fazendinha que eu fiquei! Você pode achar como Casa Tradicional estilo pescador no Airbnb), e hotéis como o Anima, que é lindo! 

Casinha estilo Pescador Morro de São Paulo

O que fazer em Morro de São Paulo

Mas o que fazer em Morro de São Paulo? Além das praias do morro, algumas coisas são imperdíveis para se fazer lá e na região. Aqui estão algumas delas!

Leia mais: Roteiro de 3 dias em Morro de São Paulo

Andar por Morro de São Paulo

Se você não estiver hospedado na primeira ou segunda praia, vale a pena a visita ao centrinho, onde ficam localizados vários restaurantes, barzinhos e lojinhas. Além disso, é lá onde fica o Mirante, lugar maravilhoso para se tirar fotos tanto em cima quanto na praia.

As pedras em contraste com o mar dão um charme absurdo, bem como a Ilha da Saudade, que antigamente era uma ilha, mas agora se juntou a praia praticamente, mas que mesmo assim não deixou de lado a sua beleza. 

Se estiver por lá não deixe de visitar a Toca do Morcego, um barzinho/ restaurante super famoso por conta do seu por do sol, e também uma visitinha ao farol do morro não deixa nada a perder. E para aqueles que procuram um pouco mais de aventura, existe uma tirolesa, que é ótimo inclusive para entreter crianças. 

Caminhar até o Manguezal ou Quinta Praia

Esse é o passeio mais imperdível e gostoso que você pode fazer, que pode ser tanto de caminhando, quanto de bicicleta (é bem fácil de achar um local que alugue, às vezes até mesmo na pousada onde estiver hospedado eles podem te auxiliar nisso. Só não esqueça de pedir a que tem pneu largo, próprio para areia!), ou até mesmo pegando um transporte até a quinta praia. 

Saindo da 1ª praia será uma linha reta. A sua única preocupação será em relação à maré. E para isso é sempre bom você checar a tábua de maré, para saber se esta baixa ou alta, pois isso pode interferir na sua hora de ida e da sua volta. Quanto mais baixa a maré estiver, melhor será para conseguir atravessar todas as praias. Será mais ou menos uns 10 km de ida e uns 10 de volta. 

E o motivo que essa caminhada vale tanto a pena? Simples, você verá as paisagens mais lindas e incríveis do mundo, com direito a árvores deitadas no meio da praia, de mangues pequenos, rios, pontes e é claro, o mangue gigantesco maravilhoso do final. 

Foto por Max Sandy

Para fazer esse passeio você irá tomar o dia inteiro, ou pelo menos metade do seu dia. Leve água, protetor solar e repelente, pois no mangue tem muito mosquito. 

Passeio de barco pelas ilhas

Este é um dos passeios que você verá todo mundo lhe oferecendo, e realmente vale muito a pena fazer, pois é lindíssimo. Dependendo do número de pessoas que estiver com você, tente pegar uma lancha privativa, pois ai você consegue fazer no seu ritmo!

Esse passeio passa por todas as ilhas, inclusive pelas piscinas naturais de Garapuá, que são belíssimas, e também passa por Boipeba e para em um lugar onde os restaurantes são flutuantes e você poderá provar ostras!

Leia mais: Tudo sobre o passeio de volta a ilha em Morro de São Paulo

O valor gasto será de 180 reais por pessoa, que é um valor tabelado. São raras as pessoas que irão fazer por um valor inferior a esse. Antes de fechar o passeio, certifique-se do itinerário certinho e peça para ver foto do barco que você irá!

É legal perguntar também se eles tem um cooler para colocar bebidas, pois você não irá encontrar onde comprar praticamente o dia todo (somente em Boipeba onde para para almoçar e no lugar onde se come ostra). 

Ah, uma super dica: peça para almoçar no restaurante do Guido, em Boipeba, pois fica em uma praia lindíssima, e tem uma das melhores lagostas da região. Estávamos em 7 pessoas, pedimos 3 pratos e o valor médio foi de R$100 por pessoa.  

Piscinas Naturais

São diversas as piscinas naturais que se tem no Morro de São Paulo, e elas ficam ainda mais evidentes quando a maré está baixa! Elas são super cristalinas e quentinhas! E em minha opinião, as mais belas estão localizadas na quarta praia!! Uma dica: se você for com crianças, leve um chinelinho para elas não machucarem o pé nos corais. 

Ir até a Gamboa

Gamboa é um vilarejo que também faz parte da ilha, e lá também tem praias lindíssimas. Da 1ª praia é super fácil de ir a pé, sendo uma caminhada tranquila e gostosa, e que vai levar uns 45 minutos. No decorrer da trilha você poderá ver várias bromélias que são cultivadas pelos próprios moradores da região (é a maior reserva de bromélias do estado da Bahia!). Chegando lá, vale a pena ir visitar a praia do Porto de Cima, que na verdade fica entre o Morro e Gamboa.

praia da argila morro sp

Em Gamboa também tem o banho de argila, que falam que é super bom para a sua pele!!! Chegando por lá é só perguntar onde fica, que os locais irão te indicar como chegar! 

Novamente, fique atento a tábua de marés, pois se ela estiver alta, será difícil de ir caminhando do Morro até lá, ou vice -versa, correndo o risco de a água do mar estar na sua cintura. Caso a maré esteja assim, você consegue chegar de transporte coletivo ou taxi, que se pega no Morro mesmo, na segunda praia. 

Descontos para sua viagem

  • Hospedagem:
  •  Booking
  •  AirBnB
  •  Hoteis.com
  • Voluntariados:
  •  Worldpackers
  • Chip internacional com desconto:
  •  América Chip 10% off
  • Passagens aéreas baratas:
  •  Passagens Promo
  • Aluguel de carro:
  •  Rent Cars
  • Passeios e Ingressos:
  •  Get Your Guide
Foto de Eva Fagundes
Eva Fagundes

Eva Fagundes

Meu nome é Eva, chef de cozinha por formação e viajante por natureza! Desde pequena tenho essa grande paixão por viajar e conhecer muitos lugares novos. Amo pesquisar sobre os lugares e ajudar quem puder com dicas de viagem.

Ver mais artigos desse autor

Deixe seu comentário

Seja o primeiro!

0
    0
    Carrinho
    Seu carrinho está vazio