No Brasil São Paulo São Paulo Sudeste

Roteiro de São Paulo: o que fazer, quando ir, quanto custa e mais dicas!

roteiro são paulo
Avatar
Escrito por Amanda Ferrucci

Quando viajamos para outras cidades, estados ou países, procuramos conhecer vários pontos turísticos importantes e famosos, pedimos dicas para quem já foi e sempre nos sentimos dispostos a desbravar o local.

Mas podemos passar a vida toda sem visitar os locais interessantes e turísticos da nossa própria cidade. Isso também acontecia comigo até o dia que eu resolvi turistar na minha cidade e parar de passar vergonha ao dizer “nunca fui lá” ou “o que fazer em SP”.

Eu vejo como desperdício um visitante não fazer um passeio pelo Ibirapuera ou Avenida Paulista assim como quase que uma vergonha um morador não conhecer o Museu de Arte de São Paulo. Por isso, lá vão algumas dicas de São Paulo para te ajudar a conhecer o melhor da minha cidade!

Neste artigo você vai ler sobre:
1. São Paulo
2.
Vacinas
3.
Onde se hospedar em São Paulo?
4. Quando ir?
5. Quanto tempo ficar?
6. Onde comer?
7. Onde fazer compras em São Paulo?
8. Quanto custa?
9. Roteiro de 3 dias
10. Dicas e curiosidades


Sobre São Paulo

São Paulo é a cidade capital do estado de São Paulo. Sim, cidade e estado têm o mesmo nome, assim como o Rio de Janeiro. São aproximadamente 12 milhões de habitantes, fora aqueles que estão de passagem e nem estão registrados. É gente brotando do asfalto o tempo todo. É considerada uma cidade de negócios e uma das mais desenvolvidas do Brasil.

parque ibirapuera sp
Parque Ibirapuera

Mas quem disse que cidade de negócios não pode ter muitos passeios, eventos culturais, entretenimento, turismo e natureza? Isso é o que faz de Essepê um lugar muito interessante e apaixonante.


Vacinas

Para visitar São Paulo, não é obrigatório ter alguma vacina específica, nem a da febre amarela, mas a recomendação é estar com a sua carteira de vacinação em dia. Se houver algum período em que é necessário tomar alguma vacina, a prefeitura sempre divulga.

Já aconteceu de alguns espaços privados, como parques ou clubes perto de matas, exigirem a vacina da febre amarela para liberar a entrada. Mas isso foi um caso esporádico. Informe-se ou entre em contato com os locais que você quer visitar para saber o que é necessário ou não. E vacine-se nos postos de saúde próximos de onde você mora levando a sua carteirinha. Se proteja e fique tranquilo.


Onde se hospedar em São Paulo?

Eu nunca precisei gastar com hospedagem em SP pois moro aqui e tenho conhecidos. Mas quando viajo sempre pesquiso pela Booking, pois lá comparo preços e vejo as avaliações das pessoas.

Hostel em São Paulo

Eu gosto muito de ficar em hostel, pois, além de mais barato, faço várias amizades. Também sempre procuro pelos que tem café da manhã e Wi-fi incluídos. São Paulo tem hospedagem para todos os gostos e bolsos na cidade toda. Se você gosta de fazer amizades e quer economizar, que tal o Nomade In Arte e Hostel São Paulo, na Vila Mariana? Vi diárias a partir de R$32,00.

Ou quem sabe o Soul Hostel, no bairro da bela Vista, perto da Av. Paulista e do Metrô Trianon-Masp? Vi diárias a partir de R$53,00. Tem também o FM Hostel, estilo casa e bastante aconchegante? Vi diárias a partir de R$144,00.

Hotel em São Paulo

Mas se prefere hotéis e não quer dividir acomodações com outras pessoas, nem se importa de pagar um pouco mais caro, tem o Ibis Budget perto da estação Paulista do metrô (diárias a partir de R$209,00).

tivoli mofarrej hoteis sp
Piscina do Tivoli Mofarrej

Se você preza por um excelente atendimento, conheça o Central Park Jardins (diárias a partir de R$ 211,00), ele é perto do Parque Trianon e do Conjunto Nacional da Avenida Paulista. Tem também o Tivoli Mofarrej que é maravilhoso e super bem localizado! Você pode ver o review que a Amandinha fez do hotel clicando nesse link aqui.

As opções de hotéis em SP são muitas, com preços mais altos e mais baixos que esses, com mais e menos serviços.

Leia mais: Transporte em São Paulo – quais são, quanto custam, horários e mais


Quando ir?

O clima de São Paulo é considerado tropical úmido e as estações não são tão marcadas como em outras regiões do Brasil. No inverno podemos ter dias muito quentes e no verão podemos ter dias frescos.

A temperatura durante o ano pode variar entre 15°C e 36°C e poucas vezes ela muda bruscamente, como com passagens de frente fria que podem fazer a temperatura cair mais de 10 graus de um dia para o outro. Então dá para vir em qualquer época do ano.

Em São Paulo capital não tem alta ou baixa temporada, nem mudanças grandes nos preços, pois funciona como cidade de negócios e não depende somente do turismo. Quando preços sobem, é mais a questão da inflação no Brasil mesmo. Inclusive, aqui é muito interessante para fazer compras. Claro que para se hospedar ou chegar de avião, é bom se planejar com antecedência para aproveitar os melhores preços.


Quanto tempo ficar?

Você que é de fora e quer aproveitar mais SP, se puder, fique de 3 dias a uma semana. Apesar da loucura que é a cidade, tem muita atividade para fazer e coisas para conhecer. Em poucos dias fica apertado e você vai querer voltar para ver mais.


Onde comer?

Se você gosta de produtos naturais e de degustar amostras grátis de queijos, geleias, biscoitos e mais, trate de visitar o famoso Mercado Municipal. Tem também ótimas cafeterias e comedorias (restaurantes) do Sesc, comidas deliciosas, naturais e saudáveis por ótimos preços, principalmente para quem tem a credencial plena.

A seguir vou listar alguns dos meus restaurantes favoritos aqui de São Paulo:

O Gato que Ri, restaurante de culinária italiana que fica no bairro da República. É preciso deixar um rim caro mas vale a pena pois o sabor é como se fosse ao céu e voltasse.

Prime Dog, lanchonete com opções de combo de bebidas, lanches e acompanhamentos comuns, veganos e vegetarianos, por preços acessíveis. É perto da estação Ana Rosa do Metrô.

Restaurante Pop Vegan Food, muito barato e muito bom. Perto da estação Paulista do Metrô.

Se você gosta de cafés como o Starbucks, na Avenida Paulista você encontra vários.

No Bairro da Liberdade, você vai se perder entre as diversas lojas, lanchonetes e tendas de rua da culinária japonesa. Recomendo também o famoso Momo Lamém!


Onde fazer compras em São Paulo?

Brás: é um bairro bem grande em São Paulo onde se encontra todo tipo de roupas e calçados, com preços para todos os bolsos no atacado e no varejo. Para chegar, desça na estação do Metrô Brás.

Mercado Municipal de São Paulo: também conhecido como Mercadão, é um ótimo lugar para comer e fazer umas comprinhas. Para chegar, desça na estação do Metrô São Bento.

Zona Cerealista: a área que tem o Armazém Santa Filomena, Empório Rosa, entre outros é conhecida como “Zona Cerealista” . São lojas que vendem produtos parecidos com os do Mercadão por preços melhores, havendo muita variedade de alimentos a granel e produtos naturais de excelente qualidade. Para chegar, desça na estação do Metrô São Bento.

zona cerealista sp
Zona Cerealista

Galeria do Rock: roupas, acessórios e calçados para quem gosta de Rock (e também reggae, retrô e moda alternativa). Para chegar, desça na estação do Metrô República.

25 de Março: lojas comuns e de rua que vendem muitos acessórios, brindes, presentes, bijuterias, fantasias, brinquedos, biquínis, roupas e tudo quanto é tranqueira que a gente adora. Para chegar, desça na estação do Metrô São Bento.

Bom Retiro – Rua José Paulino: – onde há lojas de roupas de excelente qualidade e preços medianos. Para chegar, desça na estação do Metrô Luz.

Feirinha de Antiguidades do Masp: bijuterias, antiquários, acessórios, louças e acontece aos domingos. Para chegar, desça na estação do Metrô Trianon-Masp.

Rua Oscar Freire: uma rua super badalada de SP cheia de lojas de grifes e roupas caras. Desça na estação do Metrô Oscar Freire.

Avenida Paulista: tem vários shoppings, inclusive o Conjunto Nacional, que fica de esquina com a Rua Augusta, a Livraria Cultura, diversas lojas de produtos chineses e muito mais. Para chegar, desça em uma das estações do Metrô: Trianon-Masp, Consolação ou Paulista.

Santa Efigênia: todo tipo de produtos eletrônicos. Prefira comprar em lojas e pegue nota fiscal com a garantia. Desça na estação República ou Luz.

Bairro da Liberdade: bairro onde há produtos e culinária japonesa. Para chegar, desça na estação Liberdade.

feirinha da liberdade

Quanto custa viajar pra São Paulo?

Compras: acho válido reservar uns R$200,00 para roupas e calçados. Se for no Brás você vai gastar muito menos! Mas se for na Oscar Freire, com esse valor você compra apenas um grampo de cabelo rs

Alimentação: no restaurante O Gato que Ri, só eu gastei uns R$100,00. Na comedoria do Sesc, o preço é R$ 45,00/K. Tem também as cafeterias com bons preços para todos. Quando vou na Zona Cerealista, gasto uns R$ 150,00 mas volto com uns 15 Kg na mochila.

Passeios: Tem muita coisa que dá para fazer de graça em São Paulo. Sem contar que usando a sua carteirinha de estudante você pode pagar meia e super economizar!

Transporte: eu normalmente gasto com transporte público e Uber mesmo.

Balada: tem muitas que são vip até determinado horário, ou com preços de 25,00 a 80,00 para um Open Bar.

Hospedagem: eu não gasto com hospedagem mas em 3 dias gastaria mais R$ 60,00 de transporte. São R$ 20,00 por dia pra ir e voltar.

Ou seja, em um roteiro de 3 dias você gastaria, em média:

1º R$ 50,00 Brás + R$ 20,00 numa lanchonete ou no Museu da Imigração;
2º R$ 60,00 Zona Cerealista + R$ 15,00 no Sesc República;
3º R$ 0,00 Ibirapuera + R$ 4,30 Metrô até estação Ana Rosa + R$ 20,00 na lanchonete Prime Dog.

Total: R$ 229,30


Roteiro de 3 dias

Eu nunca precisei montar um roteiro para visitar São Paulo em meus períodos de folga, pois moro perto da capital e para mim é rapidinho e baratinho chegar, mas é mais do que possível e interessante fazer isso quando não é daqui.

Aqui darei algumas dicas de roteiro para aproveitar a cidade. Você pode trocar a ordem e adaptar à quantidade de dias que você vai ficar.

Dia 1 – Parque do Ibirapuera e região

Prefira um domingo para aproveitar o Planetário, ou num dia de semana que é menos lotado.

planetário do parque ibirapueraplanetário do parque ibirapuera
Planetário do Parque Ibirapuera

Metrô mais próximo: AACD Servidor – linha lilás

  • Passe pelo Monumento às Bandeiras e tire umas fotos – é um espaço aberto
  • Museu de Arte Contemporânea
  • Almoço: Tem um restaurante dentro do Museu da Arte Moderna.
  • Vá ao Parque do Ibirapuera e aproveite, pois é uma área verde gigante.
  • Planetário do Parque Ibirapuera.
  • Tem vários outros monumentos e exposições nas áreas do parque – eu tentaria ver um pouco de tudo rs

Dia 2 – Compras no Brás

O bairro do Brás é o local se você quiser encontrar roupas, calçados e assessórios no atacado ou varejo, por ótimos preços e qualidade. Claro que é bom andar e procurar do melhor. Existe muita loja e comércio de rua.

Evite os finais de semana pois é mais lotado e fecha mais cedo.

Metrô mais próximo: Estação Brás – linha vermelha.

  • Visite o Museu da Imigração
  • Almoço: no Museu da Imigração ou em outras opções de restaurantes e lanchonetes pelo Brás
  • Passe a tarde toda fazendo compras no Brás na região do Lago da Concórdia, Lojão do Brás, Rua Barão de Ladário e outras
  • Você também pode inverter a ordem ou passar o dia todinho só fazendo compras.

Dia 3 – Avenida Paulista e Região

Se quiser caminhar pela Avenida Paulista, é legal ir aos domingos pois ela fica fechada para carros e as pessoas vão até lá para andar de bicicleta, patinete, patins, ouvir música de vários estilos – tem bandas, grupos musicais, aparelhagens de sons – e mais.

Se quiser visitar os pontos turísticos, durante a semana é menos lotado e muitas vezes gratuito, como o Masp de terça.

O que ver e visitar na Avenida Paulista?

Masp: compre o ingresso antes pelo site, chegue pontualmente as 10:00 e evite filas

masp sp
MASP

Sesc Paulista: nos andares 16 e 17 tem bar e cafeteria com comidinhas maravilhosas

Casa das Rosas: um casarão no estilo clássico francês, localizado na Avenida Paulista.

casa das rosas sp
Casa das Rosas

Agora depende de você o que fazer em SP. Se planeje e vai ser sensacional!!

Leia mais: Museus e exposições em São Paulo


Dicas e curiosidades

  • Durante a semana é interessante fazer passeios turísticos, visitar exposições e museus, pois é menos lotado. Exceto às segundas-feiras, dia em que muitos locais fecham.
  • A vida noturna – baladas, bares, música ao vivo – existe todos os dias, mas os finais de semana podem ser reservados para ela.
  • Venha ou compre um tênis confortável para passear pela cidade.
  • Não falta caixa eletrônico, então não se preocupe em sacar dinheiro antes.
  • A voltagem padrão é 110 e hotéis com voltagem 220 normalmente fornecem transformador. Mas os carregadores de celular e notebook são bivolt. Leia as letras minúsculas da caixinha do fio ou do conector que vai na tomada.
  • Procure avaliações no Trip Advisor para encontrar os melhores locais para comer.

Você também prefere viajar? Então segue o @prefiroviajar no Instagram e no Youtube e acompanhe as melhores dicas de viagem. Tem alguma dúvida ou dica de conteúdo que você quer ver aqui no blog? Deixe nos comentários aqui embaixo.

 Você curte as minhas dicas? Então já segue o @prefiroviajar no Instagram pra acompanhar as minhas viagens em tempo real! 

VAI VIAJAR? ENTÃO RESERVE AQUI!

Você sabia que quando você faz uma reserva com um link aqui no blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não é taxado a mais por isso e ainda ajuda o Prefiro Viajar a produzir mais artigos de qualidade! Então, bora reservar?

Passeios e ingressos: TourOn e Get Your Guide
Hospedagem: BookingAirBnB e Hoteis.com
 Seguro viagem: Real Seguros, SafetyWing e Seguros Promo
 Passagens aéreas baratas: Passagens Promo
 Aluguel de carro: Rent Cars
 Dinheiro pro exterior: Transferwise

Sobre o autor

Avatar

Amanda Ferrucci

Olá, eu sou a Amanda, apaixonada por viagens, turismo, comer bem e sol. Adoro fazer amizades e recontar minhas andanças pelo mundão numa boa prosa.

Deixe um comentário