Europa Malta Pelo mundo Roteiro de viagem

O que fazer em Malta: dicas, roteiro e principais pontos turísticos!

o que fazer em malta
Amanda Antunes
Escrito por Amanda Antunes

Quem me acompanha no Instagram (@prefiroviajar), sabe que em abril eu fiz um curso rápido de inglês em Malta e aproveitei para viajar e estudar em apenas 1 semana! Como

Sobre Malta

Ainda não tão popular como outros destinos da Europa, a ilha de Malta é uma ótima opção para a sua viagem. Uma junção equilibrada de história e paisagens incríveis dá forma às ilhas do país e deixa sua viagem ainda mais rica. Preparamos muitas dicas de o que fazer em Malta para te ajudar na montagem do roteiro!

O país é um arquipélago no Mediterrâneo e fica localizado entre a Itália, específicamente a ilha de Sicília, e o Norte da África. Com seus pouco mais de 315 metros quadrados de área, Malta é um dos menores países da Europa, mas ainda tem muito a oferecer a seus visitantes.

Apesar do idioma oficial ser o Maltês, o Inglês é amplamente falado em Malta e você vai conseguir se comunicar sem problemas durante sua viagem. Inclusive, a língua é considerada idioma co-oficial de lá. Isso acontece porque Malta é um país com muita diversidade cultural, com moradores do mundo inteiro.

Como Malta é integrante da União Européia e do Espaço de Schengen, existe abertura de fronteiras e livre circulação entre os países dentro do acordo. Assim, o controle de imigração é feito apenas no primeiro país – que faça parte do acordo – que você entrar. Depois, você pode circular normalmente entre outros países do Acordo de Schengen sem precisar apresentar documentação para entrar.

População: 420 mil habitantes
Religião: Catolicismo
Moeda: Euro
Língua oficial: Maltês (e Inglês)

Dica: Como um país da Europa, lembre-se que é obrigatória a contratação de um seguro viagem para entrar em Malta. Recomendo que você compare preços para encontrar a melhor opção no Seguros Promo e lá você ainda tem 5% de desconto do Prefiro Viajar!


Principais pontos turísticos

Por ser um arquipélago, os principais pontos turísticos nem sempre estão em uma mesma ilha. Separamos aqui os lugares imperdíveis que você não pode deixar de visitar!

Valleta

Menor capital da Europa, com menos de 7 mil habitantes, foi, em 2018, considerada a capital da cultura. Em Valleta, você encontra ruas charmosíssimas e muitos bares – é ótimo para sair à noite!

Gozo

Gozo é uma ilha do arquipélago maltês no Mar Mediterrâneo. A ilha é parte de Malta. Depois da ilha de Malta, é a segunda maior ilha do arquipélago. Comparado com seu vizinho do sudeste, Gozo é mais rural e conhecido por suas colinas cênicas, que são destaque em seu brasão de armas.

A paisagem apresenta colinas verdes com uma colcha de retalhos de pequenas fazendas que levam a praias arenosas e enseadas. Grande parte do cenário é selvagem e acidentado, e as águas cristalinas são ideais para natação, mergulho com snorkel e mergulho.

Mesmo depois da Janela Azul, a principal atração natural de Gozo, ter, infelizmente, desmoronado em 2017, a ilha continua com muitos atrativos. Os principais são Victoria, Wied il-Għasri e todas as paisagens de praia.

Um ponto adicional super bacana são as salinas de Marsalforn. Se puder, inclua na sua visita!

Comino

A famosa Comino Island que é um local popular entre os turistas e os cineastas do mundo. A ilha já apareceu em filmes como “Troy”, “The Count of Monte Cristo” e “Swept Away”.

Não deixe de visitar a Lagoa Azul! A praia, na ilha de Comino, é uma das mais limpas do mar Mediterrâneo – além de ser um dos principais cartões postais de Malta.

Se tiver tempo, explore também a ilha à pé e conheça a Lagoa de Cristal.

Mdina

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Amandinha • Prefiro Viajar (@prefiroviajar) on

quem não sabe, Mdina é a antiga capital de Malta. É uma típica cidade medieval também é conhecida como “A Cidade Silenciosa”, especialmente por causa de suas noites bem tranquilas que você encontra por lá. Você vai se sentir no cenário de filmes e séries – inclusive já foi cenário de Game of Thrones! Suas ruas trazem um clima medieval de tirar o fôlego!

Outras atrações legais para visitar em Malta são:

  • Marsaxlokk;
  • Gruta Azul;
  • Forte de São Elmo;
  • Forte de Santo Ângelo;
  • Casa Rocca Piccola;
  • Museu Nacional de Arqueologia;
  • Catedral e Catacumbas de São Paulo;
  • Templos Megalíticos;
  • Teatro Manoel.

Se você ficar mais tempo, Malta fica próxima à Itália e à Grécia e você pode aproveitar os finais de semana para conhecer esses países também!


Quando ir?

A melhor época para visitar Malta de março a agosto, durante a primavera e o verão. Você pegará dias ensolarados e conseguirá aproveitar mais as praias. Além de, claro, ver as águas super azuis e se apaixonar pelas belezas naturais da ilha.

Ah! Nesse período, se puder escolher, o melhor é entre março e junho pois ainda é primavera e não está tão lotado quanto no verão, ok?

Eu fui em abril e os dias eram de sol, mas as noites eram um pouco frias – nada que atrapalhasse. Também peguei alguns momentos de chuva, mas também não prejudicou em nada minha experiência.

Você também pode optar por conhecer Malta durante o outono e o inverno! A temperatura costumar variar entre 5 e 18 graus, mas o sol geralmente continua presente! Mas estamos falando de ilhas e, por isso, há muito vento e a sensação térmica pode ser mais baixa.


Como se locomover em Malta?

transporte em malta

As principais opções de transporte em Malta são os ônibus de linha e os ônibus turísticos – daquele hop-on e hop-off, sabe? São muitas opções de ônibus que cobrem todo o país então é relativamente fácil se locomover. Contudo, os ônibus de linha podem ser um pouco demorados e você pode perder um pouco de tempo entre uma atração e outra.

Outra opção seria táxi – mas não é uma opção muito barata. Em Malta, não existem taximetros e os preços são combinados. Também não tem Uber, ainda não é permitido por lá.

A opção mais flexível, certamente, é alugar um carro. Mas lembre-se que lá a mão é inglesa e a direção é do lado direito – ou seja, você tem que dirigir no nosso banco do carona.

Apesar disso não ser um bicho de sete cabeças como aparenta, é importante buscar um carro automático para facilitar a transição. Os carros de Malta geralmente são manuais e imagina só trocar as marchas com a mão esquerda quando você não tá acostumado?

Dica: Vai alugar carro? Compare diversas locadores e encontre os melhores preços usando a RentCars!


Quanto tempo ficar?

Apesar de Malta ser um país pequeno, existem muitas coisas legais para fazer e conhecer. Em uma viagem turística, o ideal é que você fique pelo menos 5 dias para conseguir explorar bem a região.

Mas, como todo destino, você também consegue fazer em menos tempo se precisar ou esticar um pouquinho mais para um roteiro mais relaxado, curtindo as praias, por exemplo.


Onde se hospedar?

hospedagem em st. julian's

Certamente, as principais regiões para se hospedar em Malta são: Valleta, St. Julian’s e Silema. E para te ajudar na escolha, separamos algumas opções em cada uma delas.

Valleta

Hotéis: Palais Le Brun, The Cumberland Hotel e British Hotel
Hostels: Vallettastay Hostel e Vallettastay Lovely House Private Rooms

St. Julian’s

Hotéis: H Hotel, Golden Tulip Vivaldi Hotel e St. Julian’s Bay Hotel
Hostels: Inhawi Boutique Hostel, Marco Polo Party Hostel e Hostel Med

Silema

Hotéis: The Seafront Tower Suites, Hotel 1926 e Silema Hotel by ST Hotels
Hostels: Granny’s Inn Hostel, Hostel 94 e Two Pillows Boutique Hostel


Meu roteiro de viagem durante o intercâmbio

Como eu estava em Malta também para estudar inglês, quase todo o meu roteiro foi feito na parte da tarde. Inclusive, foi a minha escola (Sprachcaffe) que organizou todos os meus dias por lá. Se liga em como ficou o roteiro:

  • Dia 1 – City tour (14: 00-18: 00)
  • Dia 2 – Comino Island (14: 00-18: 00)
  • Dia 3 – Mdina e Valleta (14:00 – 19:00)
  • Dia 4 – Gozo
  • Dia 5 – Marsaxlokk
  • Dia 6 e 7 – Tardes livres

Leia mais: Intercâmbio em Malta para adultos: curso de inglês, quanto custa, quanto tempo ficar e mais!

 Você curte as minhas dicas? Então já segue o @prefiroviajar no Instagram pra acompanhar as minhas viagens em tempo real! 

VAI VIAJAR? ENTÃO RESERVE AQUI!

Você sabia que quando você faz uma reserva com um link aqui no blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não é taxado a mais por isso e ainda ajuda o Prefiro Viajar a produzir mais artigos de qualidade! Então, bora reservar?

Passeios e ingressos: TourOn e Get Your Guide
Hospedagem: BookingAirBnB e Hoteis.com
 Seguro viagem: Real Seguro e Seguros Promo
 Passagens aéreas baratas: Passagens Promo
 Aluguel de carro: Rent Cars
 Dinheiro pro exterior: Transferwise

Sobre o autor

Amanda Antunes

Amanda Antunes

Olá! Eu sou Amanda. Sou publicitária, criativa e apaixonada por fotos e viagens. Ao todo foram 3 intercâmbios e 42 países visitados. São muitas histórias para contar, porque eu Prefiro Viajar!

Deixe um comentário