América do sul Colombia Inspire-se

Como é viajar sozinha na Colômbia?

como e viajar sozinha pela colombia
Amanda Antunes
Escrito por Amanda Antunes

Fala viajantes! No texto de hoje, vamos falar sobre viajar sozinha na Colômbia. É perigoso? Você se sentiu segura? Levou muitas cantadas? Por que ir sozinha? Bom, então vou abusar do pleonasmo e vou “começar pelo começo”.

Por que viajar sozinha para Colômbia?

Quero começar já deixando de lado toda a hiprocrisia. Já tinha quase 3 anos que eu não colocava meu mochilão nas costas e me jogava sozinha no mundo. Faço questão de contar isso para vocês porque sei o quanto é fácil falar. O difícil mesmo é agir.

Me peguei fazendo viagens lindas, sempre muito bem acompanhada: namorado, amigos, colegas blogueiros e por aí vai. Aposto que vc deve estar pensando: mas ué, vc tem varias companhias e está reclamando? Nada disso! Eu sou muito grata e feliz por isso, mas nada melhor do que viajar sozinha pra colocar algumas coisas no lugar.

Vocês sabem que recentemente eu larguei tudo e decidi investir 100% do meu tempo no Prefiro Viajar. Esse foi de longe o maior desafio da minha vida. Devo confessar que a CASA CAIU, nos mais diversos sentidos possíveis dessa expressão…

Tudo estava BEM LOUCO quando achei uma promoção pra Bogotá (R$ 490) e decidi fazer algo que meu coração gritava, mas a rotina não deixava! E, viajantes, principalmente, vocês meninas: FOI A MELHOR DECISÃO QUE EU TOMEI!

É perigoso viajar pela Colômbia?

A verdade é que eu acho que a gente anda vendo muito Narcos na Netflix! A visão que eu tinha da Colômbia foi completamente modificada nas minhas primeiras 24h no país.

As pessoas na Colômbia são tão generosas e gentis. No geral, me senti muito segura para turistar em todos os lugares que passei. Os dois em que fiquei mais atenta foi Bogotá a noite e San Andres. Isso porque de 5 em 5 minutos um guardinha de San Andres dizia para eu não deixar minhas coisas sozinhas.

Ah! Em Taganga (perto do Tayrona) foi o único lugar em que os caras ficaram mais saidinhos porque eu era brasileira. No geral, eu fui bem respeitada e bem tratada!

Aonde deixei as minhas coisas?

Vocês vão ver que quase todas as atrações turistas que exigem que você se molhe contam com lockers para guardar as suas coisas, como é o caso do Aquário, West View e Rocky Cay em San Andres.

Sim, você vai precisar colocar um dinheirinho nisso, mas vale a pena. Todo mundo usa o locker independente de estar viajando sozinha ou não!

Quando eu estava na praia, eu colocava minha canga bem perto da areia e evitava ao máximo ficar de costas para as minhas coisas.

O mar na Colômbia é bem calmo e dificilmente alguém vai passar levando as suas coisas. O mais comum são furtos a turistas que vão para a água e esquecem completamente de suas coisas!

DICA 1: Você pode também comprar uma bolsa a prova d’água e levar suas coisas de valor com você.

DICA 2: Faça amizades! A Colômbia é um ótimo lugar para você se hospedar e hostel e conhecer muita gente bacana.

DICA 3: Contrate um seguro viagem bacana! Isso irá te ajudar caso preciso de uma forcinha médica durante a viagem. Eu contratei o da Seguros Promo e tive que usar uma vez e eles foram super rápidos no atendimento. Falei com eles pelo Whatsapp e tudo!

Como tirar fotos sozinha?

Essa é de longe o que mais me perguntaram nessa viagem para Colômbia. Uma tática que eu encontrei para conseguir tirar as minhas fotos foi: FAZER AMIZADES!

Uma tática infalível é tirar fotos incríveis das pessoas e pedir para que elas tirem uma sua também. Assim você já mostra o ângulo que deseja e dá o exemplo de solidariedade fotográfica pra o coleguinha! rsrs

Eu comprei também um tripé muito legal na Avenida Paulista. Ele é tipo uma garra e me ajudou muito a fazer fotos quando não tinha ninguém mesmo!!!

Quer saber mais sobre o tema? Leia o meu artigo e assista o meu vídeo onde eu conto todos meus segredos para fotografar sozinha!

É fácil fazer amizades?

DEMAIS! Além de ter muita gente jovem e sozinha viajando pela Colômbia, você vai encontrar um brasileiro a cada esquina, principalmente, em Cartagena e San Andres! Nunca vi taaanto brasileiro gente!

Mas confesso que foi ótimo! Fiz amizades em quase todos os lugares que passei e já quero visitar todo mundo pelo Brasil.

Eu não falo nem inglês e nem espanhol. E, agora?

Se você não fala nada além de Português a dica é: vá com tudo e vista o seu melhor sorriso. Eles estão super acostumados com brasileiros e falando devagar super dá para entender o espanhol. Eu falava o básico do espanhol e me virava no “portunhol” que aprendi ouvindo música.

Juro para vocês que no final da viagem, eu estava tão cara de pau e tão bronzeada que sempre me perguntavam seu eu era Colombiana de Medellin ou de Cali. Uma loucura! rs

Assédio na Colômbia

Esse é um ponto muito delicado em viajar para a Colômbia. Antes de ir, li relatos de muitas mulheres que reclamaram das cantadas e de um certo assédio nas ruas praticado pelos homens.

Como eu adoro fazer amizade, confesso que nessa viagem passei muito pouco tempo sozinha e quando estava, eu andava de fone de ouvido, tirando fotos e gravando vídeos de pra cima pra baixo. Reparei algumas vezes que uns carinhas mexeram comigo, mas nada fora do normal (muito parecido com o Brasil, inclusive).

Mas meninas, nada de desanimar por isso. Os caras mexem mas não fazem nada. Não precisa ter medo, infelizmente, tudo o que podemos fazer é ignorar.

Perrengues e imprevistos

Nessa viagem eu passei por algumas coisinhas que não tiveram nada a ver com o fato de estar sozinha.

  1. Meu dinheiro acabou no Tayrona e fiquei a base de biscoitinho de Oreo já que por lá não encontrei nem caixa e nem casa de câmbio.
  2. Perdi um voo interno porque estava exausta! Maaas consegui outro por apenas R$ 165, incluindo bagagem e um voo bem mais confortável.
  3. Não sabia que precisava imprimir o check in da Wingo e paguei R$ 25 para imprimir no aeroporto.
  4. Tive um mini piriri e insolação na Isla Providencia. Mas como sempre meus amigos viajantes me ajudaram e ficou tudo bem. Foi mais o susto e minha pele pedindo socorro mesmo! rsrs
  5. Peguei uma manifestação na estrada entre Santa Marta e Cartagena e fiquei umas 6 horas parada na estrada ainda sem dinheiro e só com os Oreos. Mas tava tocando funk na Van, então até que foi divertido!!!

Eu fiz questão de enumerar para vocês os perrengue para mostrar como foram coisas que acontecem com qualquer viajante. Não era porque eu estava sozinha que o mundo acabou e eu não consegui resolver nada.

Muito pelo contrário, eu me virei super bem e as pessoas eram super simpáticas comigo quase sempre!

Coisas que eu fiz e que deram certo pra mim

  • Eu andei sempre com a minha doleira e o dinheiro dividido em 2 lugares diferentes;
  • Evitei andar com a minha câmera pendurada no pescoço, ela ficava sempre dentro da bolsa;
  • Sempre ao chegar em um lugar, eh perguntava sobre a noite e se era seguro andar sozinha. Pergunte para vendedores e pessoas locais também;
  • Sempre que me perguntavam se eu estava “viajando sozinha”, eu dizia que estava indo encontrar com amigos colombianos que não puderam ir comigo;
  • Quando batia a solidão eu pegava logo meu celular para falar com meus amigos do Brasil e meu namorado. Viajar com o chip da Easysim4u foi a melhor coisa que eu fiz;
  • Pratiquei e muito a simpatia! Eu estava sempre sorrindo e pronta para um bom papo. Assim eu conhecivárias  pessoas legais durante a viagem!

Minhas conclusões

No meu mochilão pela Colômbia eu senti, mais uma vez, o poder arrebatador da viagem na minha vida. Eu embarquei de cabeça e fui com o coração aberto. Pronta para trabalhar, viver meu sonho e conhecer pessoas lindas. E adivinha só o que aconteceu? Tudo isso que eu falei e muito mais!

Perrengues? Alguns, mas nada que tirasse o sorriso do meu rosto. Amigos? Fiz muitoooos! Não fiquei 1 dia se quer sozinha nessa viagem (que ironia, não?) Histórias pra contar? Eu tenho vááárias e todas com final ultra feliz!

viajar sozinha colombia west view

O que eu aprendi? Que eu #PREFIROVIAJAR e que a minha vida vai continuar cheias de alegrias sempre que eu seguir meu coração e deixar de lado todo o medo bobo e o preconceito da sociedade.

Tenha cuidado, tome conta de você das suas coisas e sim, por ser mulher, a gente precisa de uma dose extra de atenção! Mas lembre: você é independente no Brasil ou em qualquer lugar do mundo.

Mais dicas sobre a Colombia

 Você curte as minhas dicas? Então já segue o @prefiroviajar no Instagram pra acompanhar as minhas viagens em tempo real! 

VAI VIAJAR? ENTÃO RESERVE AQUI!

Você sabia que quando você faz uma reserva com um link aqui no blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não é taxado a mais por isso e ainda ajuda o Prefiro Viajar a produzir mais artigos de qualidade! Então, bora reservar?

Passeios e ingressos: TourOn e Get Your Guide
Hospedagem: BookingAirBnB e Hoteis.com
 Seguro viagem: Real Seguro e Seguros Promo
 Passagens aéreas baratas: Passagens Promo , Voopter e Decolar.com
 Aluguel de carro: Rent Cars e ReserveCar
 Dinheiro pro exterior: Transferwise

Sobre o autor

Amanda Antunes

Amanda Antunes

Olá! Eu sou Amanda. Sou publicitária, criativa e apaixonada por fotos e viagens. Ao todo foram 3 intercâmbios e 24 países visitados. São muitas histórias para contar, porque eu Prefiro Viajar!

19 Comentários

Deixe um comentário